Sétimo paciente com coronavírus recebe plasma convalescente em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Saúde25/06/2020 | 17h05Atualizada em 25/06/2020 | 18h10

Sétimo paciente com coronavírus recebe plasma convalescente em Caxias do Sul

Transfusão ocorreu na noite desta quarta-feira (24), no Hospital Virvi Ramos

Sétimo paciente com coronavírus recebe plasma convalescente em Caxias do Sul Andreia Copini/Secretaria Municipal da Saúde
Foto: Andreia Copini / Secretaria Municipal da Saúde
Pioneiro
Pioneiro

O Hospital Virvi Ramos, de Caxias do Sul, realizou a sétima transfusão de plasma convalescente na noite desta quarta-feira (24). O paciente que recebeu o material é um homem de 63 anos, natural de Torres, que reside em Caxias. 

Leia mais:
VÍDEO: caxiense deixa a UTI uma semana após receber transplante de plasma convalescente
Sexto paciente com coronavírus recebe plasma convalescente em Caxias do Sul
Quinto paciente com coronavírus recebe transfusão de plasma convalescente em Caxias do Sul
Paciente de Garibaldi que recebeu plasma convalescente apresenta melhoras no quadro respiratório
Primeiro paciente a receber plasma convalescente no Rio Grande do Sul deixa a UTI "Antes de entrar em coma, ele estava muito arrependido", diz filho de paciente que está na UTI com covid-19 Segunda transfusão de plasma para tratamento contra a covid-19 em Caxias ocorre nesta quinta-feira Prefeitura confirma décima morte por coronavírus em Caxias do Sul 

Conforme o Virvi Ramos, o paciente tem histórico de hipertensão e diabetes, além de ser ex-tabagista. Ele foi internado no dia 19 de junho, no Hospital de Campanha do Virvi Ramos. No dia seguinte, acabou transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e, desde o dia 22 de junho, está intubado. 

Foram duas bolsas de plasma, uma de 200ml e outra de 204ml, recebidas pelo paciente. O procedimento durou cerca de 30 minutos, sem intercorrências. Agora, a equipe do Virvi Ramos monitora o paciente e aguarda as respostas do tratamento. 

O plasma convalescente foi coletado pelo Hemocentro Regional de Caxias do Sul (Hemocs) no dia 16 de junho. O doador é um homem de 28 anos, morador de Garibladi, que está recuperado da covid-19 há 44 dias. 

Outros pacientes

O primeiro homem que recebeu a transfusão de plasma convalescente, Tarcísio Giongo, 63, deixou a UTI e foi transferido para o quarto há 10 dias. De acordo com o Virvi Ramos, ele já apresenta algumas melhoras significativas, tanto na parte motora quanto respiratória. Inclusive, já está se comunicando melhor. No entanto, ainda se alimenta por sonda. Giongo está sendo acompanhado diariamente por médico, fisioterapeuta e fonoaudióloga. 

Outro paciente que recebeu transfusão de plasma foi o caxiense Carlos da Silva Borges, 40 anos, que deixou a UTI na última segunda-feira (22). Ele está se recuperando no quarto e ainda faz uso de oxigêngio. Porém, pode receber alta nos próximos dias. 

Já a mulher de 33 anos que recebeu a transfusão em 11 junho ainda aguarda o resultado do novo teste, realizado após o procedimento, para confirmar a recuperação. Ela ainda respira com auxílio da ventição mecânica. 

O sexto paciente, 59 anos, que recebeu o plasma em 17 de junho, ainda não apresenta melhora significativa e segue intubado. 

Outros dois pacientes que receberam transfusão, um homem de 64 anos e uma idosa de 83 anos, ambos moradores de Caxias do Sul, que já chegaram em estado grave ao hospital, faleceram no dia 20 de junho.

Coletas no Hemocs

Na tentativa de auxiliar na cura de pacientes graves com e também ajudá-los a criar anticorpos, o Hemocs iniciou, em 22 de maio, a coleta de plasma convalescente. O Hemocentro já recebeu 58 candidatos a doar o material, sendo 11 mulheres e 47 homens. Desse montante, 20 foram excluídos — sendo 11 mulheres e 9 homens — por não serem considerados aptos para o procedimento. 

Até esta quinta-feira (25), foram realizadas 12 doações por seis doadores distintos, entre 28 e 49 anos. Sendo que três doadores realizaram mais de uma doação. A seleção é feita pelo Hemocs e passa por avaliação rigorosa. 

As pessoas que podem doar são homens, de no mínimo 18 e no máximo 60 anos, que foram infectados pelo coronavírus, tiveram covid-19 confirmada por meio do teste PCR, estão há mais de 28 dias recuperados, sem sintomas da doença e não apresentam outras doenças infecciosas.

As doações precisam ser agendadas pelos telefones (54) 3290-4543 e (54) 3290-4580ou por meio do whatsapp (54) 984188487. O Hemocs atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30min às 17h30min e aos sábados das 8h até 12h, na rua Ernesto Alves,2260, ao lado da UPA Central.

Leia também:
Moradores de Protásio Alves estão assustados com número de infectados
Aulas presenciais só devem retornar em agosto no Estado
Caxiense participa de Feira Brasileira de Jovens Cientistas com projeto sobre casca de pinhão

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros