Serra Gaúcha tem acréscimo de 158% em novos casos de coronavírus no mês de junho - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Pandemia30/06/2020 | 23h00Atualizada em 30/06/2020 | 23h00

Serra Gaúcha tem acréscimo de 158% em novos casos de coronavírus no mês de junho

Número de mortes também acelerou no período, saindo de 39 para 87

Serra Gaúcha tem acréscimo de 158% em novos casos de coronavírus no mês de junho Jonatan Sarmento/Arte GZH
Foto: Jonatan Sarmento / Arte GZH

Junho foi um mês que mostra realidades distintas. Os números apontam um crescimento em todos os índices na pandemia do coronavírus, mas a circulação de pessoas nas ruas demonstra que a população está deixando para trás o distanciamento social e a quarentena. Isso levou alguns dos prefeitos da Serra gaúcha a afinarem um discurso de preocupação e reforçarem o rigor nos decretos municipais, com o objetivo de inibirem com maior rigidez as aglomerações. Tudo para barrar a disseminação do Sars-Cov-2, que aumentou de forma exponencial nos últimos 30 dias.

Leia mais
Acompanhe os casos confirmados na Serra
Prefeitura de Caxias do Sul registra 1.124 casos confirmados de coronavírus
Prefeitura de Caxias do Sul confirma o 18º óbito por coronavírus

O Nordeste Gaúcho abriu junho com 2.232 infectados – sendo que 73% estavam recuperados. Eram 39 as mortes registradas. O mês fechou com 5.774 contaminados, 4.420 recuperados e 87 vítimas, um acréscimo de 158% nos casos e  123% nos óbitos. No entanto, isso não significa que chegamos ao pico da infecção.

Neste caminho, os dados geraram polêmicas e movimentações. A macrorregião Serra entrou em bandeira vermelha do Distanciamento Controlado do Governo do Estado no dia 13 de junho, mas o período praticamente não foi respeitado. A resposta dos prefeitos foi a abertura de novos leitos de UTI, que reverteram o quadro. 

Só que um ponto chama bastante a atenção: a covid-19 está se espalhando pelos pequenos municípios. Na área de abrangência do Pioneiro 14 localidades confirmaram seus primeiros pacientes positivos em junho – apenas São José dos Ausentes, Pinhal da Serra, Fagundes Varela e Capão Bonito do Sul seguem zeradas. E isso preocupa quem mora nessas comunidades. 

Leia também
Estagiária da Câmara de Caxias é afastada por 14 dias por suspeita de contaminação
Corpo de adolescente que estava desaparecida é encontrado em riacho de São Marcos

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros