Secretaria Municipal de Saúde confirma que Caxias do Sul tem 13 empresas com surto de covid-19 - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Pandemia25/06/2020 | 14h58Atualizada em 25/06/2020 | 17h00

Secretaria Municipal de Saúde confirma que Caxias do Sul tem 13 empresas com surto de covid-19

Município não cita quais são os locais e nem a quantidade de casos em cada um deles

Secretaria Municipal de Saúde confirma que Caxias do Sul tem 13 empresas com surto de covid-19 Jonatan Sarmento/Arte GZH
Foto: Jonatan Sarmento / Arte GZH

A Secretaria da Saúde de Caxias do Sul confirmou que a cidade tem 13 empresas com surto de covid-19 até esta quinta-feira (25). Para se enquadrar como surto, é preciso ter acima de duas pessoas com sintomas gripais diagnosticas em um mesmo ambiente fechado de trabalho. Até aqui, o maior surto ocorreu na JBS, que tem 151 casos contabilizados nas estatísticas oficiais do município. Ainda estão sendo inseridos os resultados da testagem em massa do frigorífico. 

Leia Mais
"Era um trabalhador e um pai muito presente", diz irmã de metalúrgico vítima de coronavírus em Caxias
Metalúrgicos pedem testagem em massa após morte de colega por covid-19 em Caxias do Sul

As duas principais empresas da cidade, Marcopolo e Randon, não estariam na lista de locais com surtos. Conforme a secretaria municipal de saúde, das 13 empresas citadas, a maioria tem de dois a cinco casos registrados.

Em comunicado interno, a Marcopolo confirmou dois casos de trabalhadores com covid-19 nas unidades de Caxias de um quadro de 8,1 mil colaboradores. Informou que eles teriam sido contaminados fora do ambiente de trabalho. Ainda segundo a companhia, uma pessoa já está recuperada e 10 foram afastadas por suspeita e ficarão em quarentena de 14 dias. 

A fabricante de ônibus destacou que todos os casos suspeitos foram identificados antes do ingresso nas dependências da empresa. Situada em Ana Rech, mesma região do frigorífico da JBS com surto confirmado, a Marcopolo acrescentou que, assim que teve conhecimento dos primeiros casos do frigorífico, foram orientados gestores e colaboradores para que informassem ao ambulatório qualquer contato com trabalhadores da JBS ou com familiares, para tomar as medidas necessárias para evitar o contágio. 

Entre as ações que a companhia vem tomando, estão a redução de passageiros nos ônibus fretados para transporte dos trabalhadores, uso de máscaras, medição de temperatura, ambulatórios para triagem, higienização de áreas comuns e de trabalho, marcação de locais para distanciamento, entre outras ações.

As Empresas Randon não informam o número de casos confirmados. O grupo justifica que tem uma política de que, em respeito à privacidade dos colaboradores e familiares, não divulga casos de colaboradores com suspeita ou confirmação de covid-19. Sobre a testagem, informou que ela é realizada quando o profissional médico indica necessidade em razão dos sintomas. 

Nesta quarta-feira (24), foi registrada a morte de um funcionário da empresa. Olinto Nunes Xavier, de 54 anos, trabalhava na Randon há 16 anos como soldador e é a 13ª vítima do coronavírus em Caxias do Sul. 

Em nota, as Empresas Randon afirmam ainda que, até o momento, a companhia está em um cenário controlado, como avaliado pela Secretaria Municipal da Saúde e pelo Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) de Caxias do Sul. Em razão do aumento de casos no município, a empresa está reforçando ainda mais as medidas, intensificando o afastamento preventivo de colaboradores com familiares que apresentem sintomas ou que tenham testado positivo. E reforça que, desde o início da pandemia, vêm adotando diversas medidas seguindo protocolos desenvolvidos com base nas orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS). Inclui, entre outras iniciativas, uma autoavaliação diária, que deve ser feita por todos os colaboradores antes de se deslocarem à companhia. A orientação é que, caso haja qualquer sintoma, o profissional não vá ao trabalho e procure os canais de atendimento médico oferecidos pela empresa. O mesmo procedimento se aplica aos casos de familiares próximos com sintomas.

Leia Também
Mesmo com ação judicial, prefeitura de Caxias mantém plano de fazer convênio com a UCS para gestão da UPA

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros