Secretaria da Saúde de Caxias irá sugerir ao MP fechamento de frigorífico após surto de coronavírus - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Pandemia01/06/2020 | 15h33Atualizada em 01/06/2020 | 16h15

Secretaria da Saúde de Caxias irá sugerir ao MP fechamento de frigorífico após surto de coronavírus

Pasta também defende testagem em massa de funcionários

Secretaria da Saúde de Caxias irá sugerir ao MP fechamento de frigorífico após surto de coronavírus Porthus Junior/Agencia RBS
Pasta também defende testagem em massa de funcionários Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Em reunião após o registro do primeiro surto de coronavírus em Caxias do Sul, no frigorífico JBS, em Ana Rech, a Secretaria Municipal de Saúde sugeriu o fechamento da empresa ao Ministério Público. O poder executivo quer, ainda, triagem e testagem em massa dos funcionários.

— Mesmo com as medidas tomadas, não conseguiremos conter o surto sem parar a linha de produção. Por isso, vamos encaminhar um documento ao Ministério Público sugerindo o fechamento da empresa. Precisamos identificar e isolar todos os funcionários e fazer testagem em massa para resolver a situação o mais breve possível — disse o secretário municipal da saúde, Jorge Hahn Castro, durante o encontro, nesta segunda-feira (1º).

Além disso, Castro garante que as equipes das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) doa bairros Ana Rech e Eldorado serão reforçadas para o caso de necessidade de atendimento a funcionários. Por meio de nota, a SMS afirma que fará o rastreio epidemiológico para auxiliar na contenção do contágio.

Leia Mais
Com mais seis casos de frigorífico, prefeitura de Caxias do Sul confirma 180 infectados pela covid-19
Conselho defende interdição de frigorífico para conter primeiro surto de coronavírus em Caxias do Sul

O frigorífico da JBS havia sido autuado pela Gerência Regional do Trabalho uma semana antes da divulgação oficial dos casos pela SMS. No relatório que a reportagem teve acesso, três auditores fiscais do trabalho relataram a falta de distanciamento mínimo entre os trabalhadores e a ausência de identificação de funcionários que fizeram contato com colegas que apresentavam sintomas ou suspeita de coronavírus. No encontro desta segunda, conforme a prefeitura, os diretores do frigorífico, após a visita de auditor fiscal em 22 de maio, apresentaram medidas que foram tomadas, como distanciamento na linha de produção e restaurante; barreiras físicas de acrílico nos postos de trabalho; higienização e desinfecção do espaço e retirada de bancos, além da contratação de 20 fiscais que circulam na empresa para  fiscalização.

Acompanhe os casos confirmados na Serra

A confirmação de que Caxias teve o primeiro surto da covid-19 aconteceu na sexta-feira (29). No domingo (31), a informação era de que 18 funcionários haviam testado positivo para a doença. O Conselho da Saúde no município já pediu o fechamento temporário da empresa. No final de semana, a JBS emitiu um comunicado e destacou o afastamento de trabalhadores com indicação médica.

Leia Também
Manifestação em Caxias tem defensores e contrários ao presidente Jair Bolsonaro 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros