Proprietários de quadras esportivas estudam encerrar atividades após mais de 100 dias parados em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Pandemia30/06/2020 | 13h48Atualizada em 30/06/2020 | 14h30

Proprietários de quadras esportivas estudam encerrar atividades após mais de 100 dias parados em Caxias do Sul

Município tem 44 estabelecimentos do setor registrados na Smel

Proprietários de quadras esportivas estudam encerrar atividades após mais de 100 dias parados em Caxias do Sul Guilherme Rech/Divulgação
Quadras estão fechadas em Caxias Foto: Guilherme Rech / Divulgação

Um dos ramos atingidos economicamente pela pandemia em Caxias do Sul é o das quadras esportivas. O setor completa 104 dias de portas fechadas nesta terça-feira (30) em função das medidas praticadas contra o coronavírus. Os proprietários atingidos chegaram a fazer carreata e protesto na prefeitura em 12 de junho, mas a ação não foi suficiente. Mesmo que municípios como Bento Gonçalves tenham optado pela abertura, em Caxias não há previsão para que a mesma medida aconteça.

— Muitos proprietários estão vendo para encerrar suas atividades. Serão centenas de famílias sem emprego. O que mais nos incomoda é que não temos auxílio nenhum, ninguém nos dá o caminho correto para tentar a retomada, estamos nós por nós mesmos — afirma o proprietário de duas quadras em Caxias, Guilherme Rech.

Conforme o assessor de governo da Secretaria de Esportes e Lazer (Smel), Marcos Wilson, no município podem ser realizados treinos individuais, seguindo regras de distanciamento previstas no Manual de Boas Práticas, lançado recentemente pela Smel. A medida, no entanto, contempla grupos como o de escolinhas de futebol. Quanto às quadras, a questão é estadual.

— Não temos previsão de retorno, porque dependemos do decreto estadual que proíbe aglomeração e, pelo decreto, não pode haver jogos — afirma.

Questionado sobre a liberação de Bento Gonçalves, Wilson entende que a prefeitura da cidade vizinha optou por uma decisão que contraria a determinação do estado. Segundo ele, Caxias não seguirá no mesmo caminho.

 Leia mais
"Se não pudermos reabrir, 90% das quadras esportivas fecharão", diz representante do setor em Caxias do Sul
Quadras esportivas e ginásios podem abrir a partir desta quarta-feira em Bento
Donos de quadras esportivas fazem manifestação pelo retorno das atividades em Caxias

Rech entende que o setor precisaria, ao menos, de uma data prevista para retornar ao trabalho:

— Parece que somos insignificantes. O próximo passo realmente será fechar as portas de vez. Nenhuma empresa aguenta mais de 100 dias parada, e não temos auxílio algum, nem do Estado nem da prefeitura.

No final de maio, em um encontro na prefeitura, havia ficado definido que um plano de ação para retomada e reabertura gradual dos estabelecimentos com medidas de prevenção seria analisado pelo Conselho Regional de Educação Física do Rio Grande do Sul (CREF2/RS) para ser apresentado à gestão municipal. No entanto, conforme Rech, o Conselho não representa o setor.

Caxias do Sul hoje conta com 44 quadras esportivas. Além disso, segundo dados da Smel, são 17 campos de futebol, 20 de futebol sete, 12 quadras de areia e cinco ginásios voltados ao esporte. 

Outro cenário

Em Bento, a prefeitura autorizou a liberação para funcionamento em 24 de junho após três meses de fechamento, e com previsão de multa para quem descumprir medidas de prevenção que pode chegar a R$ 700. As regras para a reabertura dos estabelecimentos em Bento incluem utilização de metade da capacidade, proibição de aglomerações e higienização dos espaços.

Leia também
Chuva constante na Serra ajuda a recuperar mananciais impactados pela estiagem na zona rural

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros