Prefeitura vai ao frigorífico da JBS, em Ana Rech, para verificar saúde dos funcionários - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Pandemia02/06/2020 | 17h42Atualizada em 02/06/2020 | 17h49

Prefeitura vai ao frigorífico da JBS, em Ana Rech, para verificar saúde dos funcionários

Empresa registrou primeiro surto de covid-19 no município

Prefeitura vai ao frigorífico da JBS, em Ana Rech, para verificar saúde dos funcionários Andréia Copini / Divulgação Prefeitura de Caxias /Divulgação Prefeitura de Caxias
Secretário de Saúde, Jorge Olavo Hahn Castro, Juliana Argenta, diretora do Cerest Serra, e Andreia Dal Bó, diretora das Vigilância em Saúde de Caxias, na sala de medicina do trabalho da JBS, em Ana Rech Foto: Andréia Copini / Divulgação Prefeitura de Caxias / Divulgação Prefeitura de Caxias

Um grupo formado pelo secretário da Saúde de Caxias, Jorge Olavo Hahn Castro, a diretora das Vigilâncias em Saúde, Andréa Dal Bó, e integrantes do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) Serra esteve no frigorífico da JBS na tarde desta terça-feira (2). A empresa registra o primeiro surto de covid-19 em local fechado do município, com 19 infectados. Na tarde desta segunda, o secretário chegou a mencionar 22 pessoas com a doença no frigorífico, mas um boletim epidemiológico da prefeitura, ao final do dia, atualizou a informação.

Leia mais
"O pessoal está com medo", diz funcionário da JBS de Ana Rech, em Caxias do Sul
Ministério Público do Trabalho propôs TAC com frigorífico que tem surto da covid-19 em Caxias do Sul
Acompanhe os casos confirmados na Serra 

O objetivo da visita foi conferir a situação de saúde dos funcionários diretamente no local. Para isso, junto com a médica do trabalho da empresa e equipe de recursos humanos, a Secretaria de Saúde iniciou a conferência de todos os prontuários médicos dos 1.699 colaboradores para verificar os encaminhamentos feitos em cada caso. A ideia é verificar possíveis falhas e também traçar o plano da testagem em massa que deverá ser realizado  pelo frigorífico. 

A equipe da prefeitura também conferiu algumas das melhorias que a empresa implantou na tentativa de conter o surto, como divisórias de acrílico e barreiras entre os funcionários em setores em que eles ficavam mais próximos.

Nesta segunda, prefeitura e Conselho Municipal de Saúde de Caxias recomendaram o fechamento da unidade para contenção do surto. Os pareceres foram entregues ao Ministério Público do Trabalho que acompanha o caso em um inquérito civil e propôs à JBS um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Até o momento, a empresa não se posicionou sobre se aceitará ou não o acordo.

Leia também:
IGH permanece na gestão de UPA de Caxias até o fim do mês

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros