Menina ferida em acidente de carro em Farroupilha precisa de ajuda  - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Solidariedade  05/06/2020 | 09h28Atualizada em 05/06/2020 | 09h28

Menina ferida em acidente de carro em Farroupilha precisa de ajuda 

Dhaphinne Maidana Reis, 11 anos, ganhou uma cadeira de rodas da Ser Caxias, mas precisa de auxílio para seguir tratamento 

Menina ferida em acidente de carro em Farroupilha precisa de ajuda  Roberto Maidana/Divulgação
Dhaphinne Maidana Reis, 11 anos, ganhou uma cadeira de rodas da Ser Caxias, mas precisa de auxílio para seguir tratamento Foto: Roberto Maidana / Divulgação

Depois de ganhar uma cadeira de rodas motorizada e adaptada, órtese para os braços e fraldas da Ser Caxias, por meio do grupo de conselheiros na última quarta-feira (3), a família de Dhaphinne Maidana Reis, 11 anos, ainda precisa de ajuda para seguir com o tratamento e pagar as despesas mensais com o tratamento da menina. Ela teve lesão na medula e está em uma cadeira de rodas depois de um acidente em 12 de janeiro de 2020.

Para isso, familiares lançaram uma campanha online para arrecadar R$ 40 mil. Os recursos arrecadados serão usados para pagar consultas médicas, sessões de fisioterapia específica para traumas medulares e transporte para fisioterapia. 

O Caxias, através dos Conselheiros, em conjunto com a torcida Falange Grená e o funcionário Paulo Teixeira, entregaram nesta quarta-feira (3), uma cadeira motorizada e adaptada para a Dhaphine, de 11 anos.<!-- NICAID(14514609) -->
Menina ganhou da Ser Caxias, por meio do grupo de conselheiros, uma cadeira de rodas motorizada e adaptada Foto: Milena Soares / Dinâmica Conteúdo

Leia mais
Caxias realiza entrega de cadeira motorizada para menina de 11 anos
Nove pessoas ficam feridas em acidente na RS-122 em Farroupilha 

No dia do acidente, Dhaphinne estava no banco de trás de um Palio. No carro estavam ainda a mãe da menina, Marilene Vargas Maidana, 51, os irmãos, Geovane Maidana dos Santos, 27, e Josiele Maidana dos Santos, 23, e o padrasto, Claudio Oliveira, 40. A família trafegava no quilômetro 61 da RS-122, em Farroupilha, por volta das 6h. Segundo o Grupo Rodoviário de Farroupilha, o Palio estava parado no semáforo vermelho, próximo da empresa Tramontina, quando uma camionete  Mitsubishi L200 colidiu na traseira do carro. O veículo onde ela estava teve perda total.

Acidente deixa nove feridos na RS-122 em Farroupilha
Foto: Bombeiros de Farroupilha / Divulgação

O irmão mais velho, Roberto Maidana, 32, conta que a família estava saindo de Caxias do Sul em uma viagem de férias quando aconteceu o acidente. Todos ficaram gravemente feridos, mas a pequena Dhaphinne foi a que mais se machucou.

—  Ela teve traumatismo raquimedular (C6-C7), causado por uma lesão em chicote. Estavam todos de cinto, mas a colisão foi forte porque o carro estava parado e o outro veículo era uma camionete. O médico disse que ela poderia ter ficado tetraplégica, mas graças a Deus depois de passar por cirurgia na região cervical, e ficar 30 dias hospitalizada, sendo 21 deles na UTI, ela teve alta, e tem apresentado melhoras.

Maidana ressalta que hoje ela fala, movimenta a cervical e os braços, mas não mexe o tronco, as pernas e mãos.

—  Ela tem feito fisioterapia em casa em função da pandemia. Mas ela precisa de um tratamento especializado para a medula e cada sessão gira em torno de R$ 350. Há chance de ela recuperar movimentos, mas precisamos de ajuda para pagar esse tratamento.

A irmã da menina, Josiele, também está imobilizada devido a uma lesão no quadril. A jovem quebrou o braço esquerdo em dois lugares e teve que colocar prótese no quadril. Ela precisa ficar em recuperação por pelo menos dois meses e também recebeu do Caxias muletas e joelheiras especiais nessa semana.

COMO AJUDAR

No link da vakinha

Titular: Dhaphinne Maidana Reis
Banco do Brasil
Agência 2932-7
Conta Poupança 510.031.152-1
CPF: 045.373.840-00

Leia também
Após disputa judicial, Gramado libera serviços de aluguel de imóveis para turistas
Coloração amarela da água é resultado de grande concentração de manganês, segundo Samae, em Caxias
Lojas da Serra voltam a ter prova de roupas e calçados após liberação estadual

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros