Junho começa chuvoso e gelado na Serra Gaúcha  - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Clima 01/06/2020 | 07h59Atualizada em 01/06/2020 | 08h22

Junho começa chuvoso e gelado na Serra Gaúcha 

Segunda-feira será de tempo encoberto com pancadas de chuva na região 

Junho começa chuvoso e gelado na Serra Gaúcha  Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Segunda-feira será de tempo encoberto com pancadas de chuva em Caxias do Sul Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Junho começa com chuva nesta segunda-feira (1°) na maior parte do RS. Na Serra Gaúcha, o cenário é o mesmo: tempo instável, com céu encoberto e pancadas de chuva em pontos isolados durante todo o dia. Mesmo que o mês, comece chuvoso não há expectativa para temporais ou acumulados suficientes para reverter a estiagem na região. Contudo, o volume deve ajudar a amenizar a situação e a proporcionar um alívio em relação aos baixos níveis de umidade relativa do ar. 

Na Serra Gaúcha, a maioria dos municípios teve um amanhecer gelado com temperaturas em torno dos 5°C, em cidades dos Campos de Cima da Serra, como Cambará do Sul e São José dos Ausentes. Os termômetros não sobem muito durante o dia e as máximas na região devem ficar em torno dos 10°C aos 12°C. Em Caxias do Sul, o dia começa com chuva e neblina. A previsão é de pancadas em pontos isolados durante todo o dia. Os termômetros marcam entre 7°C e 15°C.

O tempo volta a ficar firme entre terça-feira (2) e quarta-feira (3). A partir de quinta-feira (4), porém, uma nova frente fria volta a trazer chuva para o Estado. De acordo com a Somar Meteorologia, ao longo do mês, pelo menos quatro frentes frias devem passar pelo Rio Grande do Sul. A chuva deve ficar acima da média histórica dos últimos 30 anos, que varia entre 100 milímetros e 300 milímetros. 

Apesar de estar previsto um início de mês mais frio do que em maio, conforme a Somar, espera-se que a máxima também fique pelos menos 2°C acima da média dos últimos 30 anos, que varia entre 15°C e 24°C.  A segunda quinzena do mês  deve ser mais fria e chuvosa do que a primeira. A previsão é de uma queda mais acentuada da temperatura no fim do mês por causa da passagem de uma frente fria. Poderá haver geada na Serra e na Campanha, regiões em que os termômetros devem apresentar as temperaturas mais baixas. 

Leia também
Órbita Literária desta segunda aborda 50 anos do fim dos Beatles
Intervalo: por que não liberar os treinos no futebol profissional? 
Saiba quais são os desdobramento do surto de covid-19 em frigorífico de Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros