Fundação Marcopolo auxilia duas escolas de Caxias do Sul durante pandemia - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Educação08/06/2020 | 16h41

Fundação Marcopolo auxilia duas escolas de Caxias do Sul durante pandemia

Máscaras, álcool gel e termômetros infravermelho foram destinados às entidades de ensino

Fundação Marcopolo auxilia duas escolas de Caxias do Sul durante pandemia Acervo/Fundação Marcopolo
Mais de 2 mil máscaras já foram entregues em três meses de projeto Foto: Acervo / Fundação Marcopolo
Pioneiro
Pioneiro

O Projeto Escolas, da Fundação Marcopolo, tem auxiliado duas escolas de Caxias do Sul neste período de distanciamento social. As Escolas Municipais Presidente Tancredo de Almeida Neves e Rosário de São Francisco vêm recebendo suporte técnico, material pedagógico, produtos de higiene e proteção. Além de artigos de primeira necessidade, que estão sendo distribuídos à comunidade escolar. 

Leia mais:
Fundação Marcopolo arrecada mais de sete toneladas de doações em dois meses
Fundação Marcopolo doa meia tonelada de alimentos à comunidade carente de Caxias

Nesses três meses de ação, foram confeccionadas e entregues 2 mil máscaras aos pais e responsáveis que vão até as escolas buscar as atividades dos estudantes. Além disso, 200 máscaras de tecido e 60 de acrílico foram entregues ao corpo docente das escolas. Também foi destinado um termômetro infravermelho para cada escola, 10 tapetes de higienização para as entradas e 135 litros de álcool gel. 

O Projeto Escolas, ação da Fundação Marcopolo, tem feito a diferença nas EMEF Presidente Tancredo de Almeida Neves e Rosário de São Francisco, contempladas pelo programa.  <!-- NICAID(14517770) -->
Alunos dos anos inicias e da área II foram presenteados com kitsFoto: Acervo / Fundação Marcopolo

Os estudantes dos anos iniciais — 1º ao 5º anos — receberam um lápis e um quebra-cabeça, totalizando 1260 unidades. Já os alunos da área II — 6º ao 9º ano — foram presenteados com mil canetas e 395 pop sockets, que são acessórios para celulares. Além disso, a Fundação Marcopolo também doou 800 cookies e 820 bolinhos para os educandos. 

Por fim, nos últimos dias, um carro de som da instituição circulou pelas vias das Zonas Norte e Sul de Caxias do Sul conscientizando os moradores sobre a importância do uso de máscaras e higiene pessoal.  

Mudanças no Projeto Escolas

Em decorrência da pandemia, houve mudanças na rotina das instituições de ensino e, com isso, o Projeto Escolas teve que se reinventar para continuar auxiliando na qualidade da educação. 

— Foi preciso olhar o entorno dessa comunidade e ver as reais necessidades dela. Ter um cuidado e uma atenção, que não poderia ser diferente num projeto que trabalha com a educação, a criança e o adolescente e que atinge as famílias e a comunidade como um todo — explica a especialista de Responsabilidade Social da Fundação Marcopolo, Creice Santiago. 

A Escola Municipal Tancredo de Almeida Neves é contemplada pelo Projeto Escolas há cerca de um ano. O diretor da instituição, Vagner Peruzzo, ressalta que esse é um estímulo de possibilidades e oportunidades educacionais constante. 

— Nesse período atípico, a palavra que melhor descreve a relação é o acolhimento. É impossível construir conceitos de leitura, escrita, pensamento lógico e matemático, com fome ou frio. Acolhimento é esse olhar carinhoso de perceber e atender as necessidades, para que o aluno saiba que ele é importante e que estamos aqui na escola, para o que ele precisar — enfatiza o diretor da Escola Municipal Tancredo de Almeida Neves. 

Na Escola Municipal Rosário de São Francisco, o auxílio é reconhecido por toda a comunidade escolar. A diretora Tânia Mara Spiandorello conta que, quando o material pedagógico chega, os olhos de todos brilham.

— Há uma valorização não apenas pela qualidade do produto, que poderá complementar o conteúdo preparado, mas também pela ajuda nesse momento de recursos financeiros escassos para investimentos e na valorização da participação da família neste momento tão difícil — comenta. 

Leia também:
Bicicletas vêm se tornando uma tendência mundial durante a pandemia. Saiba qual a realidade em Caxias
Time feminino do Brasil-Fa planeja retomar treinos ainda no mês de junho


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros