Complexo da Industrial Madeireira em 1975 - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Memória17/06/2020 | 07h00Atualizada em 17/06/2020 | 07h00

Complexo da Industrial Madeireira em 1975

Empresa surgida em 1934 foi destacada no álbum Centenário da Imigração Italiana, lançado em 1975

Complexo da Industrial Madeireira em 1975 Studio Geremia/reprodução "Álbum do Centenário da Imigração Italiana (1875-1975)"
Caxias, 1974: empresa ocupava quase todo o quarteirão envolvendo as ruas Antonio Prado, Marechal Floriano, Garibaldi e Os Dezoito do Forte, antes da abertura da Dal Canalle. À esquerda, o antigo prédio pertencente à Cantina Antunes, origem da Adega São Luiz Foto: Studio Geremia / reprodução "Álbum do Centenário da Imigração Italiana (1875-1975)"

Iniciamos nesta quarta-feira uma sequência de matérias sobre as empresas, estabelecimentos e personalidades destacadas no álbum bilíngue Centenário da Imigração Italiana (1875-1975), lançado há 45 anos para enaltecer o desenvolvimento de várias cidades da Serra e do Estado nos mais variados segmentos. Abrindo a série, a Cia. Industrial Madeireira, complexo fabril cujos resquícios – e lembranças – ainda se mantêm no trecho compreendido entre as ruas Marechal Floriano, Antônio Prado, Garibaldi e Dal Canalle. Confira o texto original da época, destacando o surgimento:

“A grande crise de 1929 que atingiu o mundo teve também reflexos negativos para a economia brasileira. Mas, a partir da Revolução de 1930, novas perspectivas de industrialização do país passaram a abrir-se. Em Caxias do Sul, um grupo de fábricas de caixas de madeira, que também trabalhava com madeiras em geral, digladiava-se entre si, numa estéril e improfícua concorrência. Em 1934, sem alternativas de uma melhoria em seus negócios, tiveram a feliz ideia de aliar-se, para enfrentar, de forma comum, as dificuldades por que passavam. Foi assim que surgiu, a 5 de dezembro de 1934, a Industrial Madeireira Ltda, hoje Companhia Industrial Madeireira - Indústria, Comércio e Reflorestamento, um dos mais importantes empreendimentos madeireiros do Brasil”.

O texto também abordava a produção e a diretoria da época:

“Produz, com elevada tecnologia, madeiras em geral, beneficiadas e aparelhadas, lambris, compensados de madeira de pinho e de lei, caixas comuns e caixas Taylor (wirebound boxes), placas de madeira mineralizada Imaclite e móveis para escritórios, operando com produção própria e de terceiros e dispondo de amplas reservas florestais. As vendas nos últimos anos foram das mais significativas, e os principais países compradores foram Holanda, Bélgica, Alemanha, Inglaterra, Porto Rico e Argentina. Novas fábricas deverão aumentar em muito a produção nestes próximos anos. E, para tanto, concorre a aliança com os grupos Madezorzi e Eberle, para exploração de grandes reservas florestais em Porto Velho e Vila Rondônia, no Território Federal de Rondônia (Amazônia). São diretores da importante empresa os senhores Luiz Jahir De Zorzi (diretor-presidente), Ary Zatti Oliva (diretor comercial), Augusto Oscar Viero (diretor de produção), Arno Armando Viero (diretor administrativo) e Luiz Mércio De Zorzi (diretor de exportação)”.

Imaclite, produto da antiga madeireira Caxiense nos anos 1960 e 1970. Era uma espécie de revestimento para evitar umidade.<!-- NICAID(12027613) -->
Anúncio do Imaclite no Caxias Magazine em 1964Foto: Reprodução Caxias Magazine / Centro de Memória da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul

Imaclite e frota de caminhões

Acima, um anúncio de 1964 do Imaclite, produto que fez história no segmento decorativo e arquitetônico da época. Espécie de placa cimentícia com fibras de madeira mineralizada, o Imaclite era bastante utilizado em divisões de ambientes e nos tetos de residências e estabelecimentos comerciais. 

Abaixo, um registro de parte do complexo fabril em 1956, com a frota de caminhões estacionada na Rua Marechal Floriano. Antes da abertura da Rua Dal Canalle, os pavilhões ocupavam praticamente todo o quarteirão envolvendo as ruas Antonio Prado, Marechal Floriano, Garibaldi e Os Dezoito do Forte.

Industrail Madeireira na Rua Marechal Floriano, em meados dos anos 1950.<!-- NICAID(12027614) -->
Fachada da Industrial Madeireira na Rua Marechal Floriano em 1956 Foto: Acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami / divulgação

Leia também
Mostra virtual celebra os 130 anos da emancipação de Caxias, em 1890
O centenário de seu Adelino Dalla Rosa
Indústrias e comércios de Caxias em anúncios de 1943

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros