Como foi o primeiro domingo do novo decreto em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Coronavírus28/06/2020 | 17h55Atualizada em 28/06/2020 | 17h58

Como foi o primeiro domingo do novo decreto em Caxias do Sul

Espaços públicos vazios e comércios fechados com restrições de funcionamento

Como foi o primeiro domingo do novo decreto em Caxias do Sul Aline Ecker/Agência RBS
Estacionamento do Shopping Iguatemi ficou vazio neste domingo (28) Foto: Aline Ecker / Agência RBS

Parques com pouco movimento, shoppings com estacionamentos vazios, padarias e mercados fechados. Esse foi cenário de domingo na maior cidade da Serra no primeiro domingo sob a influência do decreto que tenta reduzir as aglomerações. A reportagem circulou pelos principais pontos de Caxias do Sul entre às 13h e 15h deste dia 28 e identificou ruas bem mais vazias do que em domingos anteriores. Ao endurecer as regras, a prefeitura tenta barrar o avanço do vírus e manter a cidade fora da bandeira vermelha.

Leia mais
Caxias do Sul supera os mil casos positivos da covid-19 desde o início da pandemia

As novas determinações anunciadas na quarta-feira passada, no entanto, podem não ser suficientes uma vez que o Estado diz que a Caxias e região enfrentam problemas com o contágio e podem ser obrigadas a fechar, a partir desta terça-feira (30), o comércio e as empresas prestadoras de serviços, mantendo apenas os serviços essenciais. A decisão será conhecida nesta segunda.

Desde o começo da pandemia, a orientação da prefeitura era para que a população mantivesse o distanciamento social e assim não frequentasse parques e praças em grupos ou jogasse nas quadras esportivas. Como os caxienses foram flagrados desrespeitando a determinação em diversas ocasiões, essas áreas públicas agora só podem ser utilizadas para corridas e caminhadas individuais. Outro tipo de atividade que estimule aglomerações está vetada. Além disso, é  proibido o consumo de bebida alcoólica em qualquer espaço público, sejam praças, parques ou similares. Caso seja constatado alguém bebendo com outras pessoas em via pública, será feita notificação e emitida multa no valor de R$ 172, 45 e uma segunda multa de R$ 172, 45 pelo não uso da máscara.

A reportagem percorreu o campus da Universidade de Caxias do Sul (UCS), os parques Getúlio Vargas (Macaquinhos) e Cinquentenário, as praça do bairro Jardim América, do Trem e a das Feiras e o Jardim Botânico. Na UCS, o acesso só era permitido aos funcionários. Para barrar visitantes, foram colocados cones que impedem a passagem dos carros, e os seguranças da faculdade estão nos acessos da instituição para orientar as pessoas que está proibido frequentar o espaço para tomar chimarrão ou ficar em grupos aglomerados aos domingos.

No Parque dos Macaquinhos, por volta das 13h30min, cerca de 20 pessoas circulavam pelo espaço. Havia dois casais em bancos afastados uns dos outros. Um casal caminhava e também havia pessoas passando com cães, e duas pessoas correndo, separadamente. As quadras de futebol e vôlei estavam vazias.  

Confira como Caxias ficou no primeiro domingo do novo decreto municipal. Parque dos Macaquinhos estava praticamente vazio.<!-- NICAID(14533008) -->
Parque dos Macaquinhos tinha movimento reduzidoFoto: Aline Ecker / Agência RBS

Já no Parque Cinquentenário, o portão principal estava fechado para evitar a circulação de pessoas. Não havia movimento no interior do parque e poucas pessoas caminhavam nas calçadas do entorno. A situação era semelhante nas praças do Trem e das Feiras. Na do Trem, apenas um casal brincava com uma criança no balanço e, na das Feiras, havia cinco pessoas caminhando. Todos mantinham o distanciamento adequado e estavam de máscara.

Confira como Caxias ficou no primeiro domingo do novo decreto municipal. Portões fechados impedem acesso ao Parque Cinquentenário. <!-- NICAID(14533017) -->
Parque Cinquentenário segue com portões fechadosFoto: Aline Ecker / Agência RBS

Movimento baixo no Parkão

Conhecida como Parkão, a praça do Jardim América é uma das mais movimentadas aos finais de semana. Ao contrário do que foi constatado pela reportagem semanas atrás, quando as pessoas dividiam o chimarrão, crianças corriam e brincavam sem usar a máscara e um grupo jogava vôlei sem usar máscara, o espaço estava praticamente vazio.

Confira como Caxias ficou no primeiro domingo do novo decreto municipal.Movimento era baixo na praça do bairro Jardim América.<!-- NICAID(14533037) -->
Parkão registra poucas pessoas durante o diaFoto: Aline Ecker / Agência RBS

Andriele Nitschke, 33 anos, estava com a filha Maria Clara, de quatro. A menina estava de máscara, enquanto andava de bicicleta.

— Tem que ter cuidado. Se tivesse muita gente eu não ia parar com ela aqui. Já tínhamos combinado. Trago ela duas vezes por semana quando não tem aglomeração — garante ela.

Na quadra de futebol, um pai jogava com os filhos pequenos, o que é permitido, já que eles convivem entre eles. Havia ainda dois casais na praça nos bancos, um passeando com o cachorro e pelo menos três pessoas caminhando. Todos usavam máscaras.

A reportagem também esteve no Jardim Botânico. No local, três famílias aproveitavam o sol. Eles estavam longe uns dos outros, em cadeiras de praia.

Shoppings fechados

Cerca de cinco pessoas  encontraram a porta giratória e o estacionamento do Bourbon San Pellegrino fechados. Um segurança, numa portal lateral, informava aos clientes que, devido ao novo decreto, o estabelecimento não abriria as portas. Num tapume de obras, uma cartaz comunica que o Zaffari comunica não abrirá mais aos domingos.

No Iguatemi, a reportagem observou poucos carros no estacionamento e algumas poucas pessoas chegando até o local. Ao contrário do San Pellegrino, o Iguatemi conta com três restaurantes no lado externo que estavam abertos. Os estabelecimentos internos só podem funcionar com telentrega. Não havia aglomerações, e poucas pessoas estavam nos restaurantes do lado externo. Um casal, que preferiu não se identificar,  diz que foi pego de surpresa com o novo decreto:

— Viemos de fora de Caxias para passear no shopping. Queria fazer uma compra. Confesso que não deveria sair e vir passear porque estou trabalhando de casa por ter asma. Mas estava entediada e pensamos: por que não? Desconhecia o decreto municipal — contou a contadora de 30 anos.

O namorado dela também admite que deveria se cuidar mais:

— Às vezes, bate um desespero de ficar tanto em casa. Decidimos pegar a estrada e almoçar aqui. Não sabia do novo decreto, mas me fez pensar que a situação é séria, porque fecharam tudo aos domingos. Acabamos decidindo nem almoçar aqui...vamos para casa — revelou o consultor de vendas.

Jaqueline Pinto Lemos, 23, foi até o shopping para trabalhar:

— Vim trabalhar porque pensei que podíamos manter as vendas online, mas encontrei as portas fechadas.

Confira como Caxias ficou no primeiro domingo do novo decreto municipal.Cartaz diz que padaria ficará fechada neste e no próximo domingo.<!-- NICAID(14533042) -->
Padaria avisa que estará fechada aos domingosFoto: Aline Ecker / Agência RBS

Mercados e padarias também não abriram

No Carrefour, as grades também estavam fechadas:

— Não sabia do novo decreto. Precisava pagar uma fatura. Fui pega de surpresa — disse a estudante Alice Guimarães Costa, 21 anos

Confira como Caxias ficou no primeiro domingo do novo decreto municipal. Zaffari do Centro com portas fechadas.<!-- NICAID(14533045) -->
Hipermercado Zaffari ficou com os portões fechadosFoto: Aline Ecker / Agência RBS

As lojas 24 horas espalhadas cidade, como a tradicional Fruteira Barcelona e as padarias que sempre abrem aos domingos, também estavam fechadas. Na padaria Pão Quente, do bairro Jardim América, um bilhete informa que o estabelecimento estará fechado neste domingo e no próximo. No Zaffari da Vinte de Setembro, no Centro, uma fita amarela e o estacionamento fechado também pegaram clientes de surpresa:

— Não sabia que não podia abrir — afirmou o motorista Roberto Souza, 34.

No Big, as grades também estavam fechadas.

Confira como Caxias ficou no primeiro domingo do novo decreto municipal. Big fechado.<!-- NICAID(14533046) -->
Hipermercado Big não abriu as portas neste domingo (28)Foto: Aline Ecker / Agência RBS

O movimento no Centro era ainda menor do que nos domingos.

Academias podem funcionar

As academias estavam abertas no domingo e podem funcionar regularmente, desde que observado o regramento em vigor, e as normas de distanciamento social.

O que diz o município

A fiscalização da prefeitura começou a monitorar diversos pontos desde às 7h30min deste domingo. O setor recebeu denúncias e esteve nos locais para verificar se estavam com as portas abertas.

— Chegamos em alguns locais, um número bem reduzido que estavam abertos, mas depois da orientação, fecharam as portas. Estamos vistoriando o parque dos Macaquinhos, Jardim Botânico, Lagoa do Rizzo, e postos de combustíveis para evitar aglomerações. Também estamos entregando material e fazendo um forte trabalho de orientação para que a população colabore e fique em casa, e respeite o decreto. Até o momento, a avaliação é positiva — aponta o secretário de Urbanismo, João Uez.

Leia também
Juventude comemora aniversário de 107 anos em evento online


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros