Apesar de baixa, chance de neve movimenta Campos de Cima da Serra - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Turismo27/06/2020 | 12h26Atualizada em 27/06/2020 | 12h26

Apesar de baixa, chance de neve movimenta Campos de Cima da Serra

Em São José dos Ausentes, a ocupação de hotéis está próxima do limite neste sábado

Apesar de baixa, chance de neve movimenta Campos de Cima da Serra Antonio Valiente/Agencia RBS
Semana teve volta das baixas temperaturas na Serra Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

A chance de nevar ou mesmo cair chuva congelada nos Campos de Cima da Serra reduziu, mas ainda pode ocorrer entre a noite deste sábado (27) e madrugada de domingo (28). O município do RS com maior chance de incidência dos fenômenos naturais é São José dos Ausentes, que teve uma madrugada gelada com a temperatura marcando 1,7 grau. Apesar de baixa, a marca ainda é maior que na sexta, quando chegou aos 0,2 graus.   

O meteorologista Lucas Cantos, da Somar Meteorologia, explica que as condições favoráveis à neve se formaram a partir da chuva que trouxe uma massa de ar frio junto com uma chamada frente oclusa que causa precipitações mais fracas. No entanto, as temperaturas até agora foram insuficientes para garantir o fenômeno que movimenta o turismo na Serra:

— Infelizmente as temperaturas não caíram tanto quanto gostaríamos, mas ainda existe uma chance — afirma Cantos.

Leia mais
São José dos Ausentes e Cambará do Sul esperam grande fluxo turístico com frio do fim de semana

A secretária do Turismo de São José dos Ausentes, Aline Maria Trindade Ramos, ainda tem esperança de neve para este final de semana. Ela usa como embasamento a experiência de outros anos. Mas, ainda que não ocorra, só a possibilidade de nevar já movimenta a cidade. Ela conta que hotéis e pousadas estão limitando a 50% a capacidade de hospedagem, já que o município está na bandeira laranja do sistema de distanciamento controlado do governo do Estado. Com isso, há uma disponibilidade de cerca de 250 leitos na cidade. Segundo a secretária, o dia está próximo da lotação.

— A procura continua sendo acima do normal para a época — conta.

Em Cambará do Sul, outro município dos Campos de Cima da Serra com alto fluxo de turistas por causa dos cânions, a mínima neste sábado foi de 3,4 graus. A secretária municipal do Turismo, Beatris Trindade, conta que muitos turistas estão chegando à cidade sem reserva em hotéis. A maior parte dos visitantes sai do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

— Está bem frio, a sensação térmica é bem geladinha. Estão entrando turistas na cidade para visitar o cânions, atrativo maior. As pousadas estão recebendo pessoas dentro do limite de 60% (devido à necessidade do distanciamento social. O município está na bandeira amarela do sistema estadual), mas não está com a capacidade lotada, até porque estamos trabalhando forte na conscientização das pessoas — comenta.

Leia também
Partido do ex-prefeito de Caxias Daniel Guerra faz suspense para as eleições
Presidente da Amesne acredita que será possível reverter bandeira vermelha na região de Caxias
Maria Fumaça retoma passeios neste sábado com selo de segurança

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros