8% da população de Nova Araçá foi infectada com coronavírus em frigorífico - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Surto06/06/2020 | 13h18Atualizada em 06/06/2020 | 13h18

8% da população de Nova Araçá foi infectada com coronavírus em frigorífico

Dos 447 testes positivos, 378 são de moradores do município de 4,7 mil habitantes

8% da população de Nova Araçá foi infectada com coronavírus em frigorífico Lauro Alves/Agencia RBS
No total, foram 1.296 testes aplicados Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

Dos 4,7 mil moradores de Nova Araçá, 8% foram infectados com coronavírus em frigorífico com surto da doença. Dados de exames feitos pelo Agroaraçá após acordo com órgãos públicos mostram que 378 residentes na cidade testaram positivo para a covid-19. O detalhamento foi divulgado na manhã deste sábado (6) pela Secretaria Municipal da Saúde.

No total, foram 1.296 testes aplicados. Desses, 447 deram positivo. Além do município onde fica a unidade do frigorífico, há 69 moradores de cidades próximas contaminados com o vírus. A maior parte dos funcionários já tem imunidade à doença: são 356 casos curados. Outros 51 ainda estão com covid-19 – desses 33 moram em Nova Araçá e 18 em outros municípios.

Leia mais
Testagem em frigorífico de Nova Araçá aponta 447 infectados pelo coronavírus
Acompanhe os casos confirmados na Serra 

Conforme a secretária da Saúde de Nova Araçá, Claudia Regina Daniel, chamou a atenção o fato de que a maioria dos casos foi assintomática e a contaminação maior ocorreu na faixa etária dos 20 aos 40 anos. Segundo ela, apesar de medidas tomadas pelo município junto ao frigorífico para garantir a segurança sanitária, havia uma projeção de que poderia ocorrer um alto número de casos devido à característica da indústria.

— Pelo histórico de empresas que não têm circulação de ar, como laticínios e frigoríficos, a gente já esperava com base em informações que a gente colheu com outros municípios — comenta.

Segundo a secretária, nenhum paciente está internado e os que estão com a doença ativa seguem em isolamento domiciliar. As prefeituras de outros municípios foram informadas sobre os casos entre os moradores que são funcionários da empresa para fazerem o monitoramento. Claudia conta ainda que em fiscalização feita nesta semana ficou constatado que o frigorífico cumpre as regras para garantir a saúde dos empregados conforme estabelecido junto ao Ministério do Trabalho.

O surto no Agroaraçá é o maior identificado em estabelecimentos fechados até agora na Serra. Apesar do alto número de contaminados em um só lugar, o prefeito Pedro Sotili (PTB) afirma que a sensação é de tranquilidade na maior parte dos moradores.

— É uma situação quase normal. Algumas pessoas têm um pouco mais de receio. A maioria é mais tranquila — salienta.

A empresa se manifestou por meio de uma nota conjunta com a prefeitura em que afirma que os funcionários que estão com a doença ativa seguem em isolamento junto com as famílias. Além disso, cita que o município e a empresa “desde o início da pandemia vêm seguindo todos os protocolos recomendados”.

Leia também
Após ter atividades suspensas pela Justiça em Caxias, JBS afirma que prioridade é a saúde dos funcionários
Assassinato na noite de sexta sobe para 50 o número de mortes violentas em Caxias no ano

 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros