Secretaria de Meio Ambiente de Caxias será primeira a ocupar prédio da antiga Maesa - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Estrutura20/05/2020 | 16h11Atualizada em 20/05/2020 | 16h19

Secretaria de Meio Ambiente de Caxias será primeira a ocupar prédio da antiga Maesa

Anúncio foi feito por meio de transmissão ao vivo na tarde desta quarta-feira

Secretaria de Meio Ambiente de Caxias será primeira a ocupar prédio da antiga Maesa Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

A  Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) de Caxias do Sul será o primeiro órgão da administração local a ocupar o antigo prédio da  Metalúrgica Abramo Eberle (Maesa), no bairro Exposição. O anúncio foi feito pelo secretário da pasta Nerio Susin, por meio de uma transmissão ao vivo na tarde desta quarta-feira.

O secretário disse que a proposta para ocupação de uma parte do complexo foi apresentada nesta quarta ao prefeito, Flavio Cassina, e ao vice, Edio Elói Frizzo. O projeto foi desenvolvido pela equipe de arquitetos da prefeitura e outros profissionais da área.

– Será utilizada uma área do antigo refeitório e antigos vestiários da Voges. Vamos adequar toda a estrutura da secretaria, que hoje ocupa aquele prédio na Avenida Rubem Bento Alves – explicou Susin referindo que o espaço foi escolhido por demandar menor interferência na estrutura.

Leia mais
Prefeitura de Caxias estuda ampliar ocupação da Maesa mesmo com maquinários de metalúrgica no local

Segundo o secretário, a obra deve começar imediatamente e a expectativa é que a mudança do atual local ocorra até o final deste ano. Para isso, serão necessárias algumas adequações internas do prédio. O projeto já está pronto e será executado com recursos próprios do município. Parte dos materiais e mão de obra também serão da prefeitura. O valor orçado é de cerca de R$ 950 mil. Atualmente, o município paga R$ 268 mil por ano de aluguel pela sede.

A secretaria terá auditório, recepção, banheiros, salas de reunião para atendimento ao público e um salão onde ficará a equipe técnica. A área ocupada será 1,4 mil metros quadrados.

Leia também:
Farroupilha estima perdas de R$ 37 milhões com estiagem e agricultores querem decreto de emergência

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros