IFRS adia retorno de atividades presenciais para 3 de julho - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Educação23/05/2020 | 12h20Atualizada em 23/05/2020 | 12h20

IFRS adia retorno de atividades presenciais para 3 de julho

Determinação vale para os 17 campi do Estado

IFRS adia retorno de atividades presenciais para 3 de julho Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) prorrogou o retorno das atividades presenciais para 3 de julho. A determinação vale para os 17 campi do Estado. Na Serra, há unidades instaladas em Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Farroupilha, Vacaria e Veranópolis. Devido ao surgimento do novo coronavírus, as atividades letivas estão suspensas desde 16 de março.

Segundo o IFRS, a decisão do adiamento ocorreu em reunião do Conselho Superior (Consup), nesta sexta-feira (22). Portanto, servidores seguem trabalhando de forma remota neste período. A expectativa é que uma nova avaliação do cenário seja realizada em reunião pelo Consup marcada para 23 de junho.

O Instituto ainda reforça que, durante este período, não farão uso da educação a distância (EaD). Um diagnóstico realizado por servidores e estudantes concluiu que tanto os alunos quanto os funcionários têm limitações para o ensino de forma remota. No entanto, para os estudantes e docentes que dispõem de acesso à internet, são desenvolvidas algumas atividades complementares, como roda de conversa e dicas de leitura. Porém, elas não substituem a carga horária letiva.

Leia também
Pesquisadores realizam nova rodada de testes de coronavírus em Caxias do Sul
Confira o horário das missas da 141ª Romaria de Caravaggio de Farroupilha

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros