Experimento em animais atesta confiabilidade de respirador desenvolvido em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Etapa vencida13/05/2020 | 12h29Atualizada em 13/05/2020 | 12h29

Experimento em animais atesta confiabilidade de respirador desenvolvido em Caxias do Sul

Nesta semana, projeto recebeu R$ 200 mil do Simecs, o suficiente para a produção de 10 aparelhos

Experimento em animais atesta confiabilidade de respirador desenvolvido em Caxias do Sul Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Um experimento realizado com suínos, na tarde de segunda-feira (11), atestou a confiabilidade do respirador desenvolvido pela Universidade de Caxias do Sul (UCS) com o aporte de empresários da cidade. A verificação é uma das etapas necessárias para a aprovação do aparelho pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que permitirá a produção em larga escala.

Leia mais
Primeiros respiradores desenvolvidos em Caxias podem ficar prontos em até três semanas
Grupo de voluntários entrega três respiradores para o Hospital Geral de Caxias do Sul

De acordo com o professor Enor Tonolli Júnior, coordenador-executivo do Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação (TecnoUCS), a próxima etapa é o teste em humanos. A solicitação do procedimento já foi encaminhada para a Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep). Caso a autorização ocorra de forma ágil, o teste pode ser realizado ainda nesta semana.

— Existe uma série de critérios a serem seguidos, mas, nesse caso, o teste é realizado em um paciente já internado e que precisa de respirador — explica Tonolli.

Uma vez finalizados os testes, os laudos são anexados à documentação técnica do aparelho, que deve ser reunida até o fim da semana para encaminhamento à Anvisa. A expectativa do professor é de que a aprovação do órgão federal possa ocorrer em cerca de 10 dias, embora nenhum tenha sido firmado.

Também na última segunda-feira, o projeto recebeu R$ 200 mil do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul (Simecs). De acordo com a assessora da direção do Hospital Geral (HG), Loivamara Andrade, o aporte faz parte de um acordo firmado em meados de abril para o fornecimento de 30 respiradores para a Secretaria Municipal da Saúde, que serão distribuídos para a rede do município. O valor é suficiente para a produção de 10 ventiladores, ao custo de R$ 20 mil cada. Ainda estão previstos mais R$ 180 mil, aportados pelo Simecs em duas parcelas. O restante dos recursos necessários serão doados na forma de peças.

O objetivo dos projetistas é fabricar 300 respiradores. Para isso, além da aprovação da Anvisa, ainda é necessário captar recursos. Doações podem ser encaminhadas para a conta da Fundação Universidade de Caxias do Sul (FUCS): Banrisul _ Agência 0824 _ Conta 06.198600.0-8. Os doadores precisam se identificar, mas não terão o nome divulgado sem autorização. Secretarias de Saúde e instituições interessadas em adquirir os respiradores também podem entrar em contato pelo telefone (54) 3218.7394 ou pelo WhatsApp (54) 9.9686.0017. A aquisição ocorre no formato de doação dos recursos e a entrega leva, em média, 30 dias.

 Leia também
Pela proximidade de centros urbanos, coronavírus tem se espalhado para pequenas cidades da Serra
Rio Grande do Sul tem 111 óbitos decorrentes do coronavírus
Parques cheios durante pandemia da covid-19 preocupam titular da Smel 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros