Com ônibus adaptado, UCS começa coleta itinerante para testes de coronavírus - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Pandemia15/05/2020 | 11h33Atualizada em 15/05/2020 | 11h33

Com ônibus adaptado, UCS começa coleta itinerante para testes de coronavírus

Serviço será prestado para empresas e órgãos públicos

Com ônibus adaptado, UCS começa coleta itinerante para testes de coronavírus UCS/Divulgação
Ônibus foi cedido por 60 dias pela Marcopolo, que também fez a adaptação do veículo para a coleta e armazenamento do material Foto: UCS / Divulgação

A Universidade de Caxias do Sul (UCS) começou nesta sexta-feira (15) a coleta itinerante de material para testes de coronavírus. Um ônibus foi adaptado e equipado para que as equipes possam prestar o serviço a empresas e órgãos públicos. A primeira ação ocorre nesta sexta com 75 funcionários de uma empresa de Caxias. Na segunda e na terça, outras 100 pessoas serão atendidas, em um centro comercial, também em Caxias.

O ônibus foi cedido por 60 dias pela Marcopolo, que também fez a adaptação do veículo para a coleta e armazenamento do material necessário para os testes. Foram retirados assentos, adicionado um vestiário para a equipe de trabalho e desenvolvidos compartimentos específicos, além de serem instalados equipamentos e suportes para álcool gel.

Leia mais
UCS terá centro específico para diagnóstico do novo coronavírus em Caxias do Sul

Conforme o diretor da Área de Ciências da Vida da UCS, Asdrubal Falavigna, o veículo tem refrigeradores e centrifugador próprios para o armazenamento e manutenção das amostras até o encaminhamento ao Centro Clínico, onde o exame é processado. É possível a realização do teste RT-PCR, considerado a melhor forma para diagnóstico da covid-19 enquanto o paciente está doente, ou dos testes sorológicos IgG/IgM, para a detecção de anticorpos para o coronavírus.

— Tem um mini-laboratório dentro do ônibus — resume o diretor.

A coleta é feita individualmente dentro do ônibus. A equipe é composta por sete pessoas. Além do motorista, são três coletadores e outros três profissionais que fazem uma espécie de entrevista sobre a saúde do paciente. O tempo para a realização do exame é de cerca de 10 minutos. Falavigna ressalta que o novo serviço retira a necessidade de deslocamento até a universidade, o que colabora para o funcionamento da empresa:

— Essa facilidade que se coloca para as empresas ajuda a manter os dois objetivos, que é a força econômica e o controle (da saúde) dos seus funcionários — comenta o professor.

De acordo com a universidade, a contratação pode ser feita por organizações diversas, como empresas, órgãos públicos e entidades. O atendimento se estende aos municípios da região de abrangência da UCS. Os resultados demoram 48h para ficarem prontos, mas se houver necessidade de contraprova podem levar 72 horas.

Como solicitar o serviço: O contato deve pode ser feito pelo telefone/WhatsApp (54) 9.9909-0018, exclusivo para o serviço de testes da covid-19 pelo Centro Clínico da UCS. O valor para os testes varia de acordo com a quantidade contratada. Para o teste RT-PCR, o custo varia de R$ 200 a R$ 250 por pessoa. Já para o IgG/IgM, fica entre R$ 160 e 220. Empresas associadas ou indicadas pela Câmara da Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias e pelo Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul (Simecs) têm desconto por causa de convênios firmados com a UCS. Dúvidas também pode ser tiradas com o professor Asdrubal Falavigna pelo e-mail afalavig@ucs.br.

Leia também
Em Caxias do Sul, mais de 50 mil pessoas deverão receber o auxílio emergencial de R$ 600
Vacaria registra primeira temperatura negativa do ano
Mais de 3,7 mil estão na fila por cirurgias eletivas em Caxias 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros