Ruas Marechal Floriano e Bento Gonçalves, em Caxias, ganharão corredores em concreto - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Transporte coletivo21/04/2020 | 11h52Atualizada em 21/04/2020 | 11h52

Ruas Marechal Floriano e Bento Gonçalves, em Caxias, ganharão corredores em concreto

Obras precisam começar até julho para município não perder recursos federais

Ruas Marechal Floriano e Bento Gonçalves, em Caxias, ganharão corredores em concreto Leonardo Portella / SMTTM/SMTTM
Quadra da Marechal, entre as ruas Os 18 do Forte e Sinimbu também receberá as faixas em concreto Foto: Leonardo Portella / SMTTM / SMTTM

Trechos das ruas Marechal Floriano e Bento Gonçalves, em Caxias do Sul, receberão pavimentação em concreto nas faixas de ônibus. O edital para as obras foi publicado nesta segunda-feira (20) e prevê um investimento de R$ 5,1 milhões na construção das faixas e no recapeamento asfáltico das duas vias, além de melhorias no sistema de drenagem onde for necessário.

Leia mais
Rua Alfredo Chaves volta a ter mão dupla próximo à prefeitura de Caxias

Na Marechal Floriano, o projeto prevê a implantação do concreto entre o cruzamento com a Rua Sarmento Leite, no início da via, e o cruzamento com a Rua Bento Gonçalves. Já na Bento, a faixa será construída entre a Rua Coronel Flores e a Rua do Guia Lopes. Ao todo, serão pouco mais de dois quilômetros pista de concreto, que totalizam 7,2 mil metros quadrados, além de 23,9 mil metros quadrados de recapeamento nos trechos que receberão as obras.

A justificativa do município para a implantação das faixas são os problemas estruturais do pavimento asfáltico das vias, o que prejudica o transporte coletivo tanto do ponto de vista operacional quanto financeiro. Além disso, a Marechal Floriano e a Bento Gonçalves vão integrar o trajeto previsto para a futura troncalização norte-sul do sistema de transporte, que também demanda a construção de uma via paralela à Avenida São Leopoldo.

Conforme o secretário de Trânsito, Alfonso Willembring, o objetivo com a construção dos corredores de concreto é reduzir os custos de manutenção a longo prazo.

— Temos um tráfego pesado. Se a gente mantém o asfalto normal, a cada três anos, exageradamente, temos que fazer reforma e asfalto custa caro. O concreto rígido suporta. Esse pavimento tem vida útil de, no mínimo, 20 anos — explica o secretário.

As faixas a serem implantadas serão semelhantes às já existentes nas ruas Sinimbu e Pinheiro Machado e fazem parte de um único projeto previsto para ser implantado com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade - Médias Cidades. No caso das ruas Marechal Floriano e Bento Gonçalves, é necessário uma contrapartida de cerca de R$ 1 milhão do município. As obras eram planejadas ainda durante a gestão do ex-prefeito Alceu Barbosa Velho (PDT), mas o projeto foi arquivado durante a gestão de Daniel Guerra (Republicanos). Como os recursos já haviam sido liberados pelo governo federal, a prefeitura precisa começar as obras até julho para não perder o direito de utilização. A previsão é que, uma vez iniciado, o trabalho dure 10 meses.

Leia também
VÍDEO: paciente em tratamento contra o coronavírus é aplaudida ao sair da UTI de hospital de Caxias
Igrejas católicas de Caxias do Sul poderão reabrir para orações pessoais
Para evitar novas aglomerações, ação de conscientização será realizada no Santuário de Caravaggio, em Farroupilha 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros