Frio da Serra deve dificultar luta contra o coronavírus - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Covid-1904/04/2020 | 16h07Atualizada em 04/04/2020 | 16h07

Frio da Serra deve dificultar luta contra o coronavírus

Número de internações por doenças respiratórias tende a crescer no inverno

Frio da Serra deve dificultar luta contra o coronavírus Antonio Valiente/Agencia RBS
Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

As baixas temperaturas já são realidade no Rio Grande do Sul, sobretudo nas cidades da região da Serra. No amanhecer de sábado (4), os termômetros marcaram 7,9ºC em Serafina Corrêa e 8ºC em São José dos Ausentes. Já em Caxias do Sul, a mínima ficou na casa dos 10ºC. Em tempos de coronavírus, a chegada do frio é motivo de preocupação.

Leia mais:
Flores da Cunha terá estrutura provisória para atender pessoas com sintomas respiratórios
Unimed de Bento Gonçalves tem atendimento exclusivo a pacientes com sintomas de coronavírus

Para a infectologista Anelise Kirsch, médica do Controle Municipal de Infecção de Caxias do Sul, as baixas temperaturas previstas para os próximos meses podem ser um desafio extra na luta contra a covid-19. O principal motivo é o aumento nos casos de internações hospitalares durante o inverno — em função não só de problemas respiratórios, como gripe e pneumonia, mas também devido a infartos e crises reumáticas, que são mais comuns no frio.

— O número de internações geralmente cresce nessa época, o que pode atrapalhar o enfrentamento da covid-19. Por outro lado, a prevenção do coronavírus e das doenças respiratórias é a mesma. Em 2009, lembro que tivemos queda nas internações por gripe e até mesmo por conjuntivite porque as pessoas estavam se cuidando mais devido aos casos de H1N1. Talvez se repita neste ano — pondera a médica.

Idosos, crianças de até 12 anos e pessoas com histórico de problemas respiratórios, como asma ou bronquite, são os grupos mais vulneráveis durante o inverno. Por isso, a recomendação é reforçar as medidas de prevenção indicadas pelas autoridades de saúde: ficar em casa o máximo possível e lavar as mãos com frequência. Outra dica é manter algumas janelas abertas, afim de aumentar a circulação de ar.

— O ideal é manter o isolamento. Para quem não pode ficar em casa, é preciso ter cuidado ao pegar transporte público e, se ficar em locais fechados, deixar alguma janela aberta. E claro: lavar as mãos muitas vezes ao longo do dia. Eu sei que no frio pode não ser convidativo, porque a água fica gelada, mas é importante para a saúde — orienta Anelise.

Ações para diminuir o impacto

O secretário da Saúde de Caxias do Sul, Jorge Olavo Hahn Castro, segue a mesma linha de raciocínio: as baixas temperaturas dos próximos meses devem dificultar a luta contra o coronavírus, tendo em vista o aumento de internações hospitalares por doenças respiratórias e a consequente ocupação de leitos nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Entre as medidas para diminuir o impacto, Castro destaca a antecipação da campanha nacional de vacinação contra a gripe e a criação de dois centros de triagem junto às Unidades de Pronto Atendimento (UPA) Central e Zona Norte.

— Os casos mais leves já serão atendidos e medicados ali mesmo, sem necessidade de internação. As barracas contam com clínico geral e pediatra. Cinco UBSs (Unidades Básicas de Saúde) já trabalham com horário estendido e, nos próximos dias, teremos mais uma. Nos hospitais, teremos leitos de isolamento tanto para influenza quanto para coronavírus — detalha o secretário.

Dicas para o inverno em tempos de coronavírus:

:: Evite aglomerações de pessoas, especialmente em ambientes fechados e mal ventilados, inclusive em casa.

:: Se agasalhe para manter o conforto térmico.

:: O uso de ar condicionado baixa a umidade do ar, o que resseca as mucosas da narina e da garganta, diminuindo a proteção contra vírus e bactérias. Nesse caso, use umidificadores de ar ou bacias com água nos ambientes climatizados.

:: Limpe o filtro do ar condicionado com frequência.

:: Mantenha a casa arejada. A ventilação ajuda a levar partículas do vírus embora. Se o dia estiver muito frio para abrir as janelas, escolha ao menos um cômodo da casa em que o ar possa circular.

Leia também:
Campanha arrecada alimentos, produtos de higiene e material de limpeza para imigrantes em Caxias
Preço médio da gasolina cai nos postos de Caxias pela quinta semana seguida
Flores da Cunha terá estrutura provisória para atender pessoas com sintomas respiratórios

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros