Secretário da saúde de Caxias confirma que cidade receberá 22 leitos de UTI adicionais no SUS  - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Covid-1926/03/2020 | 16h30Atualizada em 26/03/2020 | 16h30

Secretário da saúde de Caxias confirma que cidade receberá 22 leitos de UTI adicionais no SUS 

Situação da pandemia de coronavírus foi tema de conversa no programa Gaúcha Hoje

Secretário da saúde de Caxias confirma que cidade receberá 22 leitos de UTI adicionais no SUS  Antonio Valiente/Agencia RBS
Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

Em entrevista ao Gaúcha Hoje, da rádio Gaúcha Serra, na manhã desta quinta-feira (26),  o Secretário da Saúde de Caxias, Jorge Olavo Hahn Castro informou que, inicialmente, Caxias do Sul receberá 22 leitos de UTI adicionais no SUS, a serem equipados pelo Estado, para enfrentamento da pandemia do coronavírus. É um aumento de 65% no número de leitos, que somam 34 atualmente em Caxias do Sul. Posteriormente, mais leitos poderão ser adicionados se houver necessidade.

Leia Mais
UPAs de Caxias terão estrutura externa para atender pacientes com sintomas respiratórios

Além disso, Castro informou que será erguido um hospital de campanha em Caxias do Sul. Na realidade, se tratará de uma ala dentro do Hospital Virvi Ramos com 49 leitos de internação. Conforme Castro, são leitos sem respiradores, para casos "médios", não os mais graves. A previsão é que essa ala fique pronta em 15 dias.

O município já trabalha com a hipótese de ser necessário um segundo hospital de campanha, o que aconteceria em uma fase posterior.

Notificação de casos

O secretário da Saúde de Caxias do Sul também explicou que, seguindo padrão estabelecido pelo Ministério da Saúde, apenas os casos que precisam de internação e os de profissionais da saúde são testados. As pessoas que são orientadas a permanecerem em isolamento domiciliar por apresentarem sintomas leves não são testadas. Portanto, é provável que ainda haja casos de coronavírus não notificados porque as pessoas sequer apresentaram sintomas.

Segundo Castro, houve "um ou dois casos" que podem ser considerados de transmissão comunitária em Caxias do Sul, em que não houve uma identificação exata de como as pessoas contraíram a doença, embora sejam próximas de quem voltou de viagem ao exterior.

Até o boletim publicado na quarta-feira (25), sete casos foram confirmados em Caxias do Sul e 15 foram descartados.

 Ouça a entrevista na íntegra: 

Leia Também
Etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude, em Gramado, é cancelada pelo COB

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros