Mulher morta pelo marido em Lagoa Vermelha não tinha registro de violência doméstica - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Investigação14/02/2020 | 12h24Atualizada em 14/02/2020 | 14h07

Mulher morta pelo marido em Lagoa Vermelha não tinha registro de violência doméstica

Homem de 35 anos se suicidou após atirar contra a esposa de 37

Luis Felipe Amorin
Luis Felipe Amorin

luis.amorin@rdgaucha.com.br

Foi identificada como Carina Chaves da Silva, 37 anos, a mulher morta pelo companheiro, Elson Chaves de Souza, 35, na noite desta quinta-feira (13) em Lagoa Vermelha, na Serra. O crime aconteceu na moradia do casal, na Rua Oradil Alves Ferreira, no bairro Suzana, por volta das 20h30min.

Leia mais
Homem mata esposa e se suicida em Lagoa Vermelha 

De acordo com a polícia, populares ligaram para a BM depois de ouvir tiros. Quando os policiais chegaram na moradia, o casal já estava sem vida. Ainda conforme a BM, eles eram casados há 20 anos.

Conforme a delegada Alexandra Ferreira, a mulher nunca havia denunciado casos de violência doméstica antes do crime. Testemunhas devem ser ouvidas na próxima semana e também é necessário aguardar o laudo da perícia para concluir as investigações.

Os horários e locais de velório e sepultamento não estão definidos.

Leia também
Homem morre em acidente entre carro e caminhão na RS-122 em Caxias
BR-470 tem bloqueio parcial para poda de árvores em Veranópolis
"Era uma pessoa muito cautelosa. Evitava algumas corridas", diz chefe de motorista de aplicativo morto em assalto em Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros