Fenavindima começa nesta sexta-feira com expectativa de vender 30 mil ingressos - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Flores da Cunha13/02/2020 | 15h06Atualizada em 13/02/2020 | 15h12

Fenavindima começa nesta sexta-feira com expectativa de vender 30 mil ingressos

Projeção dos organizadores é impactar 100 mil pessoas durante o evento

Fenavindima começa nesta sexta-feira com expectativa de vender 30 mil ingressos Fábio Carnesella/Divulgação
Parque já está sendo preparado para o evento Foto: Fábio Carnesella / Divulgação

Começa nesta sexta-feira (14) a Festa Nacional da Vindima (Fenavindima), após um hiato de cinco anos. O evento, que ocorre em Flores da Cunha, costumava ser realizado a cada quatro anos e estava previsto para o ano passado. No entanto, com a mudança no calendário da Festa da Uva de Caxias do Sul, que teve edição em 2019, a organização optou por adiar a Fenavindima. De volta, a festa florense tem como destaques, além do setor vitivinícola, shows, desfiles de carros alegóricos e a gastronomia típica da região. A expectativa é vender mais de 30 mil ingressos até o fim da festa, no dia 1º de março, e impactar cerca de 100 mil pessoas, incluindo espectadores dos desfiles e quem vai trabalhar no evento, por exemplo.

Um dos principais espaços é o que serve o prato oficial do município: o menarosto, que são carnes assadas sem contato direto com as chamas, apenas com as brasas. Além disso, a festa celebra a cultura local, com os jogos de colônia e a venda de artesanatos. Os visitantes poderão comprar uvas e derivados. No total, 280 produtores de uva levam à Fenavindima o principal produto agrícola da região.

— Não temos nenhuma outra festa deste porte na região (neste momento). Então, o destino será Flores da Cunha — comenta o presidente, Darci Dani.

Leia mais
Comitiva de Flores da Cunha convida vice-presidente, Hamilton Mourão, para Fenavindima
Agenda: ingressos para show de Michel Teló na Fenavindima, em Flores da Cunha, estão à venda

Entre as atrações, estão mais de 50 shows regionais, além das apresentações de Serginho Moah, ex-vocalista da banda Papas da Língua, e do sertanejo Michel Teló. O acesso ao Parque Eloy Kunz custa R$ 10 — apenas para acompanhar a exibição de Michel Teló, há um espaço VIP com ingressos à venda ao custo de R$ 30 antecipadamente ou R$ 40 na hora, mas também é possível assisti-lo do espaço comum, sem cobrança adicional.

A festa contará ainda com estações agrícolas que vão estar disponíveis junto ao bosque do parque, com demonstrações técnicas, divulgação de informações, práticas e tecnologias das entidades e empresas do setor agrícola da região. Representantes de outros setores, como o calçadista, o de confecções e o de móveis, estarão presentes.

Desfiles aos domingos

Os desfiles dos carros alegóricos, com o tema "A Festa de Todas as Mãos", ocorrerão aos domingos. A atividade irá retratar os elementos das diversas culturas e etnias que se mesclam e constituem o município. 

A atração gratuita será na Rua Borges de Medeiros, com duração prevista de duas horas. São cinco alas, com 13 carros alegóricos, aproximadamente 25 alegorias (entre chão e plataformas), mais de 400 figurantes. Trinta comunidades e entidades estão envolvidas, além de 50 voluntários para organização e logística.

O primeiro desfile será às 15h deste domingo (16). O segundo será às 10h do dia 23 e o último às 15h de 1º de março. A sugestão é que os espectadores levem suas próprias cadeiras, para ficarem mais confortáveis. 

Leia também
Dólar é vendido acima de R$ 4,50 em casas de câmbio de Caxias do Sul
Vereadores aprovam destinação de vagas de estacionamento para gestantes em Caxias do Sul
Conselheiros de trânsito de Caxias são nomeados e tarifa de ônibus deve ser discutida nas próximas semanas

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros