Abastecimento de água em Garibaldi passa a ser feito com caminhões-pipa devido à estiagem - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Nível da barragem baixo21/02/2020 | 17h12Atualizada em 21/02/2020 | 17h12

Abastecimento de água em Garibaldi passa a ser feito com caminhões-pipa devido à estiagem

São sete veículos que fazem o transporte de Farroupilha até o município diariamente

Abastecimento de água em Garibaldi passa a ser feito com caminhões-pipa devido à estiagem Debora Klempous/Agencia RBS
Foto: Debora Klempous / Agencia RBS

O abastecimento em Garibaldi depende do transporte de água de Farroupilha, por causa da estiagem. O nível da única barragem do município ficou crítico e, por isso, a decisão da Companhia Rio Grandense de Saneamento (Corsan) é utilizar caminhões-pipa para levar água tratada de Farroupilha até o reservatório da Estação de Tratamento de Água (ETA) de Garibaldi e, assim, possibilitar a recuperação do manancial.

São sete carretas que garantem o transporte de 1,5 mil metros cúbicos de água por dia. A operação começou na quinta-feira (20). Com isso, não há necessidade de racionamento, mas a Corsan recomenda que os moradores de Garibaldi não desperdicem água.

Leia mais
Abastecimento de água é normalizado em Nova Petrópolis após uso de caminhões-pipa por quase duas semanas
Com baixo nível dos reservatórios, Nova Petrópolis recebe água de represa que abastece Gramado 

Conforme a gerente interina da Corsan em Garibaldi, Suzana Daniel, os níveis de água na barragem são muito voláteis, mas na quinta-feira chegou a 1,11 metros. O normal é três metros de altura. A medição mais recente desta sexta-feira mostrou que o manancial já teve uma leve recuperação e chegou a 1,40 metros.

A prefeitura de Farroupilha autorizou a retirada de água do município, com a condição de que não impacte o abastecimento na cidade. 

Leia também
Conselho aprova reajuste de R$ 0,40 na passagem do transporte urbano em Caxias do Sul
Andaime fica suspenso após parte da estrutura soltar em prédio do centro de Caxias
Após ensaio fotográfico nas ruas de Caxias, amigas lamentam ataques e assédio nas redes sociais

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros