Vazamento de gás causa evacuação de prédio comercial no centro de Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Susto17/01/2020 | 18h26

Vazamento de gás causa evacuação de prédio comercial no centro de Caxias do Sul

Rompimento da válvula de um botijão P13 ocorreu no segundo andar

Vazamento de gás causa evacuação de prédio comercial no centro de Caxias do Sul Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Um vazamento de gás que ocorreu no final da tarde desta sexta-feira (17) devido ao rompimento de uma válvula, causou a evacuação de um prédio comercial no centro de Caxias do Sul. O vazamento teve origem em um botijão P13 que estava no segundo andar do Centro Profissional Porto Bello, onde funciona o Laboratório Diagnose. O prédio de oito andares, que fica na Rua Garibaldi, quase esquina com a Bento Gonçalves, também abriga uma clínica médica.

O Batalhão de Bombeiro Militar foi acionado por volta das 17h, quando já havia ocorrido a evacuação das pessoas que estavam no edifício por meio do acionamento do alarme de incêndio. Entre o grupo estavam pelo menos 40 colaboradores do laboratório.

Funcionários relataram que teriam escutado um barulho, seguido pelo forte cheiro de gás, o que acabou motivando a ação preventiva. Uma das funcionárias disse que o botijão estava em uso e servia para o aquecimento de água.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 17/01/2020 - Vazamento de gás motiva evacuação de prédio comercial no centro de Caxias do Sul. Salas dos oito andares do Centro Profissional Porto Bello foram evacuadas após funcionários de um laboratório acionarem o alarme de incêndio. Segundo relatos, teriam escutado um barulho e sentido o cheiro de gás. Segundo os bombeiros a válvula foi rompida. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Os bombeiros confirmaram que a causa foi o rompimento da válvula e ouviram relatos de que alguém teria batido no equipamento. Em verificação feita no local, eles constataram que a instalação do gás estava em dia.

O vazamento chegou a tomar grandes proporções, mas com a remoção do botijão e a ventilação do local, por volta das 17h30min, os funcionários puderam retornar para o interior do prédio. Ninguém se feriu.

Leia também
Indústria ainda não mostra sinais de retomada no RS


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros