Só perícia poderá explicar o que causou explosão em posto de Caxias - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Acidente20/01/2020 | 21h13Atualizada em 21/01/2020 | 11h29

Só perícia poderá explicar o que causou explosão em posto de Caxias

Acidente matou uma pessoa e deixou outras duas feridas na tarde desta segunda-feira

Só perícia poderá explicar o que causou explosão em posto de Caxias Lucas Amorelli/Agencia RBS
Valmir Machado foi arremessado por cerca de 10 metros e atingiu a cobertura do posto de combustíveis Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Com as mãos trêmulas e ainda abalado, Márcio Kepler, da JK Instalações, empresa que presta serviços há 12 anos para a rede de postos SIM, aguardava na UPA Central 24 Horas, em Caxias, por notícias de um dos feridos do acidente na tarde desta segunda-feira (20), que vitimou Valmir Machado, 42 anos, na unidade do posto da Rua João Nichele, em Caxias do Sul.

Leia mais
Explosão em posto de gasolina de Caxias do Sul mata uma pessoa

Até as 20h, Vilmar Fiuza Maia, 63, ainda estava na urgência da UPA. Ele sofreu queimaduras nas pernas e não corria risco de morte. José Adair da Rosa, 49, de Porto Alegre, está internado em estado grave no Hospital Pompéia, com 40% do corpo com queimaduras de 2º e 3º graus. Segunda-feira à noite, ele passaria por um procedimento cirúrgico e depois seria levado para a UTI. 

— Era para mim e outro colega executarmos o serviço aqui. Podia ter sido eu — destaca Kepler, que estava em São Leopoldo na hora do acidente e subiu a Serra para acompanhar o atendimento aos colegas.

Assim como o Corpo de Bombeiros, ele também não tem ideia do que possa ter ocorrido para causar a explosão que vitimou Machado.

Xxx
Márcio Kepler estava abalado com o acidente de segunda-feira à tardeFoto: Daniel Angeli / Agência RBS

— Nós usamos uma máquina para tirar o gás do tanque e fazer a limpeza, que se chama desgaseificador, que serve para tirar o gás do tanque e deixá-lo livre de impurezas. Nunca havia acontecido nada parecido em 32 anos da empresa. Estamos chocados — lamenta Kepler.

CAUSAS DESCONHECIDAS

Apenas a perícia conseguirá explicar o que realmente ocorreu por volta das 16h de segunda-feira (20), em uma das unidades do Posto SIM, na Rua João Nichele, no bairro Sanvitto. Três funcionários da JK Instalações executavam a limpeza em um dos tanques de armazenagem de etanol da unidade. O posto estava em reformas e tinha previsão de abertura para essa semana.

– Eles esvaziaram o tanque e estavam encerrando o trabalho quando houve a explosão. A vítima tinha entrado no tanque apenas para retirar o restante do material que foi usado na limpeza. Não há nenhum indício de incêndio. O que pode ter ocorrido é um deslocamento de ar muito forte, que provocou o acidente – disse o capitão Reinaldo Andres Marques da Silva, comandante da 1ª Companhia de Bombeiro Militar de Caxias do Sul.

O fato é que a explosão fez com que Machado fosse arremessado por cerca de 10 metros acima do solo, atingindo a cobertura do posto. Os outros dois funcionários, que estavam próximos ao tanque, foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e Samu. 

De acordo com o diretor administrativo da rede de postos SIM, Bruno Bregoli Soares, o procedimento de limpeza era um padrão antes da reposição do combustível. Ele confirmou que a loja estava em reformas e que a pista de abastecimento iria reabrir ao longo desta semana. 

– Agora estamos empenhados em dar suporte à família da vítima e entender o que houve – declarou o diretor.

Ainda segundo Soares, o incidente não gerou danos estruturais de grandes proporções e o local não oferece riscos neste momento.

Por meio de nota emitida no final da tarde de ontem, a rede reiterou que “o fato será investigado pelos órgãos competentes e as causas analisadas pela perícia. A SIM lamenta profundamente o ocorrido e se solidariza com os familiares da vítima. Novas informações serão disponibilizadas assim que possuirmos maiores detalhes sobre o incidente”.

Leia também
Ex-vereador anuncia que é pré-candidato a prefeito de Caxias do Sul
Prefeito de Caxias se reúne com governador nesta quinta para falar sobre Aeroporto da Serra Gaúcha
Ex-candidato diz estar à disposição para concorrer a prefeito de Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros