Queda de rochas na Rota do Sol completa sete meses sem previsão de retirada - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Entre a Serra e o Litoral21/01/2020 | 14h16

Queda de rochas na Rota do Sol completa sete meses sem previsão de retirada

Trecho onde há o bloqueio parcial fica em Itati

Queda de rochas na Rota do Sol completa sete meses sem previsão de retirada Lucas Amorelli/Agencia RBS
Rochas bloqueiam parcialmente a pista de quem vai em direção ao litoral Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS
Luis Felipe Amorin
Luis Felipe Amorin

luis.amorin@rdgaucha.com.br

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) ainda não tem uma previsão de quando será feito o trabalho de retirada das rochas e de contenção definitiva da encosta no km 4 da Rota do Sol, em Itati. Em nota, o Daer diz que a obra está em fase de orçamento. O trecho com interdição parcial fica próximo ao Viaduto da Cascata e está parcialmente bloqueado há sete meses.

Leia mais
Daer monitora encosta e trânsito segue liberado na Rota do Sol, em Itati
Queda de barreira interrompe parcialmente trânsito na Rota do Sol

Pedras caíram sobre a rodovia após redes de contenção fixadas na encosta se romperem no dia 22 de maio do ano passado. Dez dias depois, também durante um período chuvoso, rochas voltaram a rolar e, desde então, ficaram sobre a pista. Na época, o Daer informou que deixaria as pedras no local para amortecer a possível queda de outros materiais que poderiam despencar, o que evitaria um risco maior aos motoristas que trafegam pela região.

A reportagem questionou o órgão sobre uma previsão para que seja finalizada a parte orçamentária, mas ainda não obteve retorno. Ainda conforme a nota do departamento, a obra deve ser iniciada após a conclusão da fase orçamentária. 

No ultimo domingo (19), o estreitamento de pista no local colaborou para um grande congestionamento para quem retornava do litoral norte, em direção a Caxias do Sul.

Leia também
Exército de Caxias do Sul troca de comando
Obras no Lago Joaquina Rita Bier devem começar até o fim do mês em Gramado
Para especialista, junção de fatores pode ter provocado explosão em posto de Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros