Obras no Lago Joaquina Rita Bier devem começar até o fim do mês em Gramado - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Turismo21/01/2020 | 13h13

Obras no Lago Joaquina Rita Bier devem começar até o fim do mês em Gramado

Primeira etapa consiste na instalação de banheiros e construção de uma rampa

Obras no Lago Joaquina Rita Bier devem começar até o fim do mês em Gramado Larissa Lohmann/reprodução/Divulgação
Foto: Larissa Lohmann/reprodução / Divulgação

Estão previstas para começar até o final de janeiro as obras para melhorias na área do Lago Joaquina Rita Bier, em Gramado. O início dos trabalhos depende da desmontagem das estruturas do Natal Luz, que realiza espetáculos no local. 

Na primeira etapa, serão construídos sanitários em estilo arquitetônico enxaimel e uma rampa de acesso ao Centro de Cultura. Hoje, há banheiros químicos no local e não há acessibilidade para pessoas com deficiência ao prédio. A prefeitura também já encaminhou o pedido de análise da água e do lodo do lago para verificar se há ou não contaminação — caso o resultado seja positivo, o município terá de contratar uma empresa para retirar o lodo e não poderá esvaziar o lago por meio da rede pluvial. O projeto prevê drenagem total da água, limpeza e nivelamento do fundo do lago com a retirada do lodo.

Leia mais
Palco do Natal Luz de Gramado, Lago Joaquina Rita Bier será revitalizado

Uma segunda fase de obras está prevista para ocorrer a partir de julho, com a construção de uma escadaria em concreto para o acesso pela Avenida das Hortênsias que substituirá a estrutura hoje de madeira. Essas duas etapas têm orçamento de cerca de R$ 145 mil. Uma terceira, que ainda terá de ser contratada, envolve o paisagismo e a troca de pavimento na pista de caminhada no entorno do lago.

Conforme a secretária de Planejamento, Carmem Piazzi, todo o investimento será feito por meio de recursos obtidos por meio de uma multa aplicada a uma empresa que excedeu o limite de construção no bairro Planalto. A comunidade apontou a necessidade do uso do dinheiro no lago. No total, a multa é de cerca de R$ 6 milhões, mas parte já foi utilizada em pavimentação de ruas do bairro. A lei que regra a destinação do recurso é de 2016.

Leia também
Apostador de Caxias acerta na Lotofácil e leva prêmio de mais de R$ 450 mil
Vice-prefeito de Caxias define não-renúncia ao mandato de vereador como "factoide"
Leilão de maquinário pode liberar Maesa neste semestre

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros