Estado fecha três turmas de EJA e cerca de 60 alunos serão remanejados em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Educação de Jovens e Adultos28/01/2020 | 13h12Atualizada em 28/01/2020 | 13h12

Estado fecha três turmas de EJA e cerca de 60 alunos serão remanejados em Caxias do Sul

Estudantes que frequentavam a Escola Irmão José Otão passarão a ter aulas na Melvin Jones

Estado fecha três turmas de EJA e cerca de 60 alunos serão remanejados em Caxias do Sul Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

A Escola Irmão José Otão, de Caxias do Sul, deixará de oferecer Educação de Jovens e Adultos (EJA) em 2020. Com isso, cerca de 60 alunos que frequentavam o colégio no bairro Panazzolo serão remanejados para a escola Melvin Jones, no Planalto. São três turmas noturnas encerradas neste ano.

O setor de planejamento da Secretaria Estadual da Educação chegou a sugerir o fechamento da modalidade em três escolas. No entanto, após consulta à 4ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), a opção foi por manter as atividades em duas delas: na Érico Verissimo, no Mariland, e na Professor Clauri Flores, no Santa Fé. Essa última, no entanto, ainda corre risco de ter essa formação encerrada no ano que vem.

Conforme a chefe do setor pedagógico da 4ª CRE, Stela Mari Paim Lemos Costa, os critérios levados em consideração para o fechamento de turmas são a baixa demanda e a condição de aproveitamento - que avalia quantos alunos se formaram em relação à quantidade que foi matriculada. Ela conta que uma das dificuldades é que muitos alunos se matriculam para conseguir o emprego, frequentam a escola por curtos períodos e abandonam as aulas. 

— Temos que fazer que esses alunos vão, se inscrevam e fiquem na escola — comenta, sobre o desafio de manter o EJA em mais escolas. 

Embora admita a redução no número de estudantes matriculados nos últimos anos, a direção da Irmão José Otão lamenta a decisão do Estado. A diretora Iris de Aguiar Caetano diz que também é frustrante o fato de que todas as turmas foram fechadas de uma vez e não progressivamente. 

— As pessoas vêm procurando menos (a EJA), mas não é um número que tenha de ser desconsiderado. Não é só um número, são pessoas.

O Estado mantém turmas de EJA na etapa Ensino Médio em quatro escolas: Érico Verissimo, Evaristo de Antoni, Melvin Jones e Professor Clauri Flores. A fase do Ensino Fundamental é oferecida na Presidente Vargas. Além disso, é possível utilizar o Núcleo de Educação de Jovens e Adultos (Neeja), que fornece apoio aos estudos. 

Fechamento de turno no interior

O Estado decidiu fechar o turno da noite na escola Avelino Boff, no distrito de Fazenda Souza. Conforme Stela, o motivo também é a baixa procura. Apenas três estudantes teriam interesse em permanecer na escola. A tendência é que eles sejam remanejados para a Irmão Guerini. A reportagem não conseguiu contato na manhã desta terça-feira (28) com a direção da escola.

Leia também
Município planeja parcerias para a manutenção do Ecoparque, em Caxias do Sul
Bairro Salgado Filho, em Caxias, terá nova rede de coleta e tratamento de esgoto
Luz desviada em Caxias em 2019 abasteceria Pinto Bandeira por um ano

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros