Comunidade da zona norte de Caxias faz abaixo-assinado pela reabertura de quartel fechado há quatro anos - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Campanha24/01/2020 | 14h42Atualizada em 24/01/2020 | 17h19

Comunidade da zona norte de Caxias faz abaixo-assinado pela reabertura de quartel fechado há quatro anos

Duas semanas após o inicio, campanha já tem mais de 2.650 assinaturas

Comunidade da zona norte de Caxias faz abaixo-assinado pela reabertura de quartel fechado há quatro anos Porthus Junior/Agencia RBS
Duas semanas após o inicio, campanha já tem mais de 2.650 assinaturas Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Luis Felipe Amorin
Luis Felipe Amorin

luis.amorin@rdgaucha.com.br

Duas semanas após o lançamento, o abaixo-assinado online que busca a reabertura do quartel do Corpo de Bombeiro Militar da Zona Norte de Caxias do Sul já ultrapassou a metade da meta de assinaturas que é de 5 mil. A campanha, que começou no dia 6 de janeiro, tem pouco mais de 2.650 assinaturas online. 

Conforme o presidente do loteamento Jardim das Torres, no bairro Santa Fé, Rafael Gomes Bado, o objetivo é levar o documento para o secretário estadual da Segurança, Ranolfo Vieira Júnior, e para o governador do Estado, Eduardo Leite. O abaixo-assinado será encerrado no dia 6 de fevereiro.

Leia mais
Prédio do 5º Batalhão de Bombeiros Militares na região norte está fechado há quase três anos

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 17/04/2017. Reportagem confere a situação dos quartéis dos Bombeiros de Caxias. Vamos verificar como estão as estruturas, o que está ocioso e/ou esperando por reparo. Na foto, quartel da Zona Norte. (Porthus Junior/Agência RBS)
Um ano depois do fechamento, quartel tinha sinais de abandono em 2017Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O comandante do Corpo de Bombeiros Militar de Caxias do Sul, tenente-coronel Julimar Fortes Pinheiro, diz que o quartel foi fechado em 2016 por falta de efetivo. Pinheiro afirma que não pode dar uma data de previsão de reabertura do local.

- Não posso, como comandante, me comprometer com uma data porque não depende tão somente do meu planejamento ou das minhas ideias. Depende de um consenso a nível governamental e também eu preciso fazer esforços no sentido de reestruturar aquele quartel, seja nas instalações físicas, seja em viaturas, equipamentos de proteção individual ou coletivo, mas principalmente também no recompletamento de efetivos que determina a capacidade de cada batalhão, de como ele vai fazer a gestão do recurso, seja humano, seja material - diz o comandante.  

Conforme Pinheiro, uma das metas de trabalho dele, desde quando assumiu o comando dos bombeiros em Caxias do Sul, é rever a situação do fechamento do quartel da Zona Norte. Porém, este é um plano de médio a longo prazo, segundo o tenente-coronel, pois um projeto tem de ser feito. Pinheiro diz ainda que há um déficit de efetivo em Caxias do Sul e este fator é agravado nesse período, por causa da demanda em outras áreas como o Litoral Norte e Sul. O efetivo previsto em Caxias do Sul é de 61 soldados, porém hoje a corporação conta com 47 bombeiros militares.

Leia também
Oito municípios da região já decretaram situação de emergência devido à estiagem
Prefeitura de Caxias muda decreto e retira uso das bancas de revistas na Feira do Agricultor
Primeiro boletim estadual do ano sobre dengue confirma caso na Serra

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros