Caxias do Sul recebe vacina pentavalente após Ministério da Saúde encaminhar lote emergencial ao Estado - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Imunização22/01/2020 | 13h13

Caxias do Sul recebe vacina pentavalente após Ministério da Saúde encaminhar lote emergencial ao Estado

Doses chegaram a ficar em falta por cerca de um mês na rede pública de saúde

Caxias do Sul recebe vacina pentavalente após Ministério da Saúde encaminhar lote emergencial ao Estado Marco Favero/Agencia RBS
Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Os postos de saúde de Caxias do Sul começaram a receber nesta quarta-feira (22) novas doses da vacina pentavalente. Serão mais 1,6 mil distribuídas às unidades nos próximos dias. A quantidade faz parte de um lote emergencial enviado na semana passada ao Estado, mas ainda é insuficiente para atender toda a demanda do município.

As unidades de saúde chegaram a ficar cerca de um mês sem a vacina, entre o final de 2019 e início deste ano. Na primeira quinzena de janeiro, 1,6 mil doses foram distribuídas aos postos. Dessas, 1.330 já tinham sido aplicadas até a manhã desta quarta-feira. 

Leia mais
Em falta há mais de um mês, vacina pentavalente chega aos postos de saúde de Caxias
Vacina pentavalente está em falta na rede pública de Caxias há cerca de um mês
Faltam vacinas nos postos de Caxias do Sul  

A instabilidade na distribuição do Ministério da Saúde afeta a rede pública de Caxias desde julho, o que, segundo a Secretaria Municipal da Saúde, faz com que as doses recebidas em janeiro sejam insuficientes devido à demanda reprimida. Até o último dia 13, Caxias tinha 2,4 mil crianças na lista de espera da vacina. Com as novas doses, a Secretaria da Saúde ainda não tem o levantamento de quantas permanecem aguardando a imunização. A recomendação é que os pais liguem para a Unidade Básica de Saúde de referência para verificar se há vacina disponível.

A pentavalente protege contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e a meningite causada por Haemophilus influenzae B. A vacina é recomendada para crianças em três doses – aos dois, quatro e seis meses. 

Leia também
Safra da maçã deverá ser maior nos Campos de Cima da Serra em 2020, mas com frutas menores
Rua Dom José Barea, em Caxias do Sul, terá bloqueios para obras nos próximos três meses
Instabilidade política dificultou inscrições para rainha da Festa da Uva, diz presidente da Comissão Comunitária

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros