Alunos remontam antigas construções de Antônio Prado - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Patrimônio31/01/2020 | 07h30Atualizada em 31/01/2020 | 07h30

Alunos remontam antigas construções de Antônio Prado

Projeto Nosso Patrimônio, Nossa História, desenvolvido por Fernando Roveda, pretende que as futuras gerações tenham orgulho de sua cultura

Alunos remontam antigas construções de Antônio Prado Viviane VIZENTIN/divulgação
Pesquisador Fernando Roveda dá aulas gratuitas para estudantes das escolas da cidade Foto: Viviane VIZENTIN / divulgação

A preocupação com o futuro da preservação do centro histórico de Antônio Prado chegou até as salas de aula. O projeto Nosso Patrimônio, Nossa História, de autoria do pesquisador Fernando Roveda, surgiu em 2006 e incentiva os alunos a conhecerem sua história e terem orgulho dela. Não foi um projeto fácil de ser implantado, mas Roveda e a comunidade já estão colhendo os resultados.

Leia mais:  
Saiba como Antônio Prado aprendeu a conviver com o tombamento
"Foi um ato de violência simbólica, mas necessário", diz arquiteta sobre tombamento do patrimônio de Antônio Prado Recursos para restaurar casas de Antônio não são igualitários
"A comunidade deve se beneficiar do tombamento", diz prefeito de Antônio Prado

O tombamento dos 48 imóveis, em 1990,  localizados da área central da cidade, gerou vários conflitos. Alguns proprietários são contra o ato imposto pelo Iphan até hoje.  Foi no meio dessa "guerra" de opiniões que Roveda começou a desenvolver o trabalho junto às escolas, de forma voluntária.

— Foi  um trabalho de formiguinha — lembra o pesquisador.

No projeto, as pequenas moradias em estilo italiano e os prédios com as cores e características arquitetônicas são confeccionados por alunos das escolas públicas da cidade.

No Centro Cultural, os alunos conhecem a maquete original de sete metros de comprimento e quatro de altura que mostra como a cidade foi montada. Já foram distribuídos  mais de 20 mil kits.

Cada uma das 48 casas tombadas foi desenhada, dividida em partes e transformada em um kit de montagem, impresso em folhas de ofício. Para confeccionar as réplicas, os alunos recebem os kits, que contém a história de cada moradia e a explicação de como confeccioná-la. Eles pintam, recortam e colam, formando as miniaturas. Depois de montadas, as maquetes são expostas em locais públicos.

 Para o criador da proposta, o trabalho visa a educação patrimonial, a valorização e difusão do patrimônio. O projeto será apresentado ao Iphan ainda este ano.

 Para os alunos das escolas e da comunidade, as aulas de educação patrimonial são ministradas gratuitamente por Roveda.

Maquete retrata as construções históricas de Antônio Prado
No Centro Cultural, maquete mostra com a cidade se desenvolveuFoto: Fernando Roveda / Divulgação

Visitação

* As casas são propriedades particulares, ou seja, não são abertas à visitação de turistas. A única aberta é o Museu Municipal, conhecida como Casa da Neni, com os objetos e móveis que lembram o tempo em que os primeiros imigrantes chegaram. Abre de terça a sexta, das 9h às 11h45min, e das 13h15min as 17h30min. Finais de semana e feriados fica aberto das 12h às 16h. A Igreja Matriz e a Gruta Natural também estão abertas. Entrada gratuita.

* No centro cultural, a maquete mostra como a cidade foi formada. As visitas são agendadas e o ingresso custa R$ 3.

Informações pelo telefone: (54) 3293.1500 (Secretaria Turismo)


 ANTÔNIO PRADO, RS, BRASIL (18/11/2019)Projeto de educação patrimonial Tecendo Memórias, da psicopedagoga e escritora Neusa Maria Roveda Stimamiglio, recebeu prêmio nacional do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Em seu trabalho, Neusa publicou em livro histórias transmitidas oralmente por moradores antigos da cidade, como Virgínio Bortolotto, o Tio Nilo, posteriormente transformadas em bordado pela artesã Luiza Schicora. (Antonio Valiente/Agência RBS)
Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

Tecendo memórias

Antônio Prado também preserva o tradicional artesanato representado através do crochê, do macramé, da bainha aberta, do crivô e do frivoletê. Também se destacam os trabalhos realizados com a "dressa" (trança da palha de trigo). 

Em 2019, o projeto Tecendo Memórias foi vencedor na categoria Patrimônio Imaterial da 32ª edição do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, premiação que celebra ações no campo da preservação do patrimônio cultural. O trabalho de autoria da psicopedagoga pradense Neusa Maria Roveda Stimamiglio uniu a tradição de contação de histórias dos imigrantes italianos com a do artesanato em bordado, que, mais do que uma fonte de renda, especialmente para as mulheres, constituiu um importante traço cultural das primeiras gerações da imigração e de seus descendentes. 

Os produtos podem ser encontrados em várias lojas da cidade.

ROTEIROS TURÍSTICOS

Antônio Prado também encanta pelos cenários naturais no interior do município. É possível vivenciar experiências dos imigrantes italianos e conhecer belezas de tirar o fôlego. Confira: 

Biotherapy 

A Biotherapy desenvolveu a partir da semente de uva produtos que equilibram sabor e saúde. Com agendamento de grupos é possível realizar demonstração e degustação dos produtos.
Contato: (54) 99971-4004

Cantina Zulian

Venda e consumo dos produtos de fabricação própria como pães de forno a lenha, cucas, grostolis e doces que são servidos no café colonial, com atendimento feito pela família Zulian aberto todos os dias inclusive finais de semana e feriados. Oferece passeio de tuque-tuque e piquenique com produtos coloniais.
Contato: (54)99993-6679/ 99919-2749

Canto do Encantador

É possível desfrutar das belezas naturais e da magia das variadas espécies de aves. O ambiente propicia a contemplação da paisagem e o prazer da degustação de frutas silvestres da estação. Atendimento com reserva antecipada.  
Contato: (54) 99917-6977

Doces Caseiros Dona Margarida

Fábrica de doces artesanais com mais de 50 anos de tradição. Produz doces cristalizados e de leite, geleias e chimias.
Contato: (54) 3293-1806 / 99989-5681

Ferraria do Marsílio 

Visitação e demonstração de como funcionava uma antiga ferraria, que fabricava carroças, arados, foices, ferraduras. Agendamento prévio.
Contato: (54) 3293-3496

Moinho Francescatto

Construído na década de 30, é uma herança deixada pelos colonizadores. os visitantes podem visitar o moinho em funcionamento. Os visitantes podem adquirir a farinha de milho colonial produzida no local. Indica-se agendamento.
Contato: (54) 3293-3207

Morangos Ouro d'água 

O visitante poderá conhecer a propriedade, a plantação e finaliza saboreando as delícias de produtos à base de morango. Atendimento com reserva antecipada.
Contato: (54) 98431-5636

Orgânicos Pontel

Visita a produção de orgânicos (duração 1h) / Passeios na propriedade (duração 1h) / Visita técnica de produção orgânica (duração 3h). Atendimento com reserva antecipada.
Contato: (54) 3293-5155/99985-5632

Orgânicos Pérola da Terra

Visita nas estufas de morangos orgânicos produzidos com música clássica e rockroll. Visita na agroindústria e explicação sobre o processo de industrialização, e venda de sucos, néctar de frutas, molhos de tomate, purês e melado de maçã. Durante a semana não é necessário realizar reserva. Finais de semana indica-se reservar.
Contato: (54) 3293-5040/ 99641-0195

Restaurante Nostra Cantina

Comida típica italiana, lanches e venda de produtos coloniais. O local ainda conta com um amplo jardim de lazer.
Contato: (54) 3293-4057/ 99972-4888

Vinícola Zanella

Oferece visitação guiada pelas dependências da cantina e vinhedos, e também degustação de alguns produtos. Reserva antecipada nos finais de semana e feriados.
Contato: (54) 3226-3955




 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros