Líderes de entidades de Caxias cobram prolongamento da Rodovia do Parque - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Infraestrutura 14/12/2019 | 12h36Atualizada em 14/12/2019 | 13h07

Líderes de entidades de Caxias cobram prolongamento da Rodovia do Parque

Representantes e empresários se reuniram na RS-240 na manhã deste sábado para cobrar expansão da BR-448

Líderes de entidades de Caxias cobram prolongamento da Rodovia do Parque Márcia Ferronato/Divulgação
Líderes de entidades de Caxias cobram prolongamento da Rodovia do Parque Foto: Márcia Ferronato / Divulgação

O presidente da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul, Ivanir Gasparin e o presidente do movimento Mobilização por Caxias (MobiCaxias), Carlos Zignani, acompanhados por demais representantes da cidade, participaram na manhã deste sábado (14) da Mobilização "Juntos pela BR-448".  Os empresários cobram o prolongamento da estrada, chamada de Rodovia do Parque. 

O ato reuniu lideranças e entidades da Serra, como o prefeito de Bento Gonçalves e presidente da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne), Guilherme Pasin (PP) da região Metropolitana, Vale do Caí e Vale dos Sinos na RS-240, próximo a antiga Casa das Cucas. O projeto prevê a extensão de 18,7 quilômetros da estrada.

O presidente do MobiCaxias, Carlos Zignani, ressalta que a extensão é importante para o escoamento da produção:

— A rodovia do parque é um rota alternativa para quem usa a BR-116, que está com a capacidade esgotada, porque precisamos de uma via de acesso rápido até Porto Alegre. Nossa luta é pelo prolongamento e pela destinação de recursos para que a obra seja efetuada.

A estrada também terá uma ligação estratégica com outras regiões do Estado, como a região das Hortênsias e o Vale do Caí. Ainda de  acordo com os empresários, a extensão irá beneficiar 1,2 milhão pessoas, no escoamento da produção de bens para o porto de Rio Grande e o restante do Estado.

Em abril, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), informou que executaria o estudo com recursos próprios, num valor aproximado de R$ 750 mil. O custo da execução da obra está estimado em mais de R$ 1 bilhão. 

Estudo da extensão da BR-448 será concluído no começo do ano

O Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) da extensão da BR-448, entre Sapucaia do Sul e Esteio, deverá ficar pronto no começo de 2020. O prazo máximo de entrega é no primeiro semestre. A informação é do presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Extensão da BR-448, deputado federal Lucas Redecker (PSDB), que esteve reunido na última quarta-feira (11) com o diretor-executivo do DNIT, André Kuhn. 

Leia também
Veranópolis ganha uma casa para a longevidade
Mulher perde mais de R$ 2,5 mil em golpe do falso presente em Caxias
Prefeitura de Farroupilha fará estudo para estimar custo de rompimento de contrato com a Corsan

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros