Eetcs completa meio século em Caxias do Sul com dois novos cursos em vista para 2021 - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Educação09/12/2019 | 20h10Atualizada em 09/12/2019 | 20h10

Eetcs completa meio século em Caxias do Sul com dois novos cursos em vista para 2021

Vocação industrial da região passa pela história do educandário

Eetcs completa meio século em Caxias do Sul com dois novos cursos em vista para 2021 Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Em 1969, quando a expansão industrial da região já era realidade, inaugurava-se em Caxias do Sul o Colégio Estadual de 1º e 2º Grau. Ao longo das cinco décadas posteriores, o educandário acompanhou as demandas do mercado, incluindo cursos técnicos e, proporcionando, assim, mão de obra qualificada às empresas locais.

Ao completar 50 anos de trajetória, a Escola Estadual Técnica de Caxias do Sul (Eetcs) — nomenclatura instituída em 2000 — ainda enfrenta desafios comuns no contexto da rede pública de ensino, mas celebra as conquistas do ano, incluindo o projeto de implantação de dois novos cursos em 2021: Eletromecânica e Administração de Empresas, sendo o segundo oferecido aos estudantes do Ensino Médio no contraturno escolar.

Atualmente, a Eetcs atende 965 estudantes de Ensino Médio; e 225 estudantes distribuídos nos cursos técnicos de Metalurgia, Mecânica e Segurança do Trabalho. A sede da escola fica próxima ao campus Central da Universidade de Caxias do Sul (UCS), no bairro Presidente Vargas.

— É a escola mais procurada da cidade — garante a diretora Salete Aparecida Moraes Dutra, que atua na escola há 18 anos e orgulha-se de conquistas como o primeiro lugar estadual no ranking do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), mantido consecutivamente de 2007 a 2011.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 01/12/2019 - A Escola Estadual Técnica Caxias do Sul - EETCS, está completando 50 anos de atividades. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

De acordo com Salete, a qualificação e a conduta dos professores também é um dos atrativos da escola, que tem a idade dos estudantes como único critério de seleção.

— Enquanto equipe diretiva incentivamos muito os professores a manterem-se unidos, batalhando, para que possamos desenvolver um bom trabalho com os estudantes.

Mesmo com o prestígio alcançado ao longo das décadas de formação na cidade, a escola compartilha dos mesmos desafios enfrentados pelas instituições que integram a rede estadual de ensino. Uma das dificuldades foi a gestão perante a falta de professores que acometeu boa parte das escolas gaúchas no primeiro semestre de 2019 por conta de uma reorganização proposta pelo Governo do Estado.

Salete destaca que a Eetcs tem por tradição não aderir a greves e que, mesmo diante dos desafios deste ano, os estudantes despontaram na conquista de inúmeros prêmios em mostras e campeonatos dos quais participaram incentivados pelo educandário. Outro trabalho da diretoria são as tratativas para a retomada de parceria com o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul (Simecs) que, até dez anos atrás, era apoiador da escola, intermediando estágios.

Além de caxienses, a Eetcs também atende atualmente estudantes da região, moradores de cidades como Bento Gonçalves, Cambará do Sul, Farroupilha, Nova Prata, São Francisco de Paula, São Marcos e Vila Flores, contando com participação ativa do Círculo de Pais e Mestres (CPM), que atua para angariar recursos para a escola.

Em nome dos 50 anos celebrados no dia 18 de novembro, a Eetcs realizou um baile comemorativo no Clube União, no dia 19; e também foi homenageada pela Câmara de Vereadores de Caxias do Sul, na sessão ordinária do dia 24. O principal mérito: formar estudantes capacitados para o mercado de trabalho regional.

— Não sei dizer quantos já estudaram aqui, mas a gente encontra médicos, dentistas, advogados e outros tantos profissionais hoje bem sucedidos e que passaram pela Eetcs.

CONFIRA O RELATO DE ALGUNS EGRESSOS:

"O período de estudo na Eetcs foi bem sacrificante, pois trabalhava até às 2h da madrugada e às 7h30min tinha que estar na escola. Porém tinha certeza que estes sacrifícios no futuro teriam recompensa. Também tive a felicidade de poder ver a teoria em sala de aula e ver a prática no trabalho, então facilitou muito meu aprendizado"
:: Alessandro Freitas Silveira, 39 anos, coordenador de produção
:: Cursou Técnico em Mecânica de 2006 a 2008

"O curso pra mim foi como uma realização de um sonho, através dele pude encontrar uma profissão onde estou trilhando minha carreira. Amo o que faço, sou muito grata a essa escola e sempre dou força pra meus amigos e pessoas que eu conheço, incentivo a procurarem a escola e ficarem atentos aos prazos de inscrição para cursarem também"
:: Pamela Roumaine dos Santos Kaube, 33 anos, técnica em segurança do trabalho
:: Cursou Técnico em Segurança do Trabalho de 2016 a 2018

"Estudar na Eetcs foi fundamental para meu crescimento profissional, foi a porta para minha entrada no mercado de trabalho onde a concorrência é grande. Hoje coloco em prática toda a bagagem adquirida  no curso e exerço minha profissão com muito entusiasmo e orgulho por ter me profissionalizado em uma escola bem conceituada e humanizada. Depois de alguns anos longe,  retornei à Eetcs na Mostra Técnica onde enchi o peito de orgulho por ter um dia estado ali, sem falar o quanto meu coração se alegrou ao ver a escola evoluindo. Só tenho a agradecer"
:: Dirlene Blanco Flores, 41 anos, técnica de Segurança no Trabalho
:: Cursou Técnico em Segurança do Trabalho de 2015 a 2017

"Foi a minha mudança de vida para melhor, pois de mim depende o futuro de meus dois filhos. Estou muito feliz e realizada. Passei por muitas dificuldades financeiras, mas hoje, com este trabalho, estou conseguindo realizar meus ideais e ajudar minha filha na faculdade de Enfermagem. Somos felizes na Eetcs porque, além do aprendizado constante, construímos amizades. Fiz uma grande amizade para vida toda com professores especiais que trabalham com carinho e amor. Adoro o que eu faço, estou aguardando meu certificado e diploma com muito orgulho e satisfação"
:: Taísa dos Reis da Silva, 39 anos, auxiliar em Segurança do Trabalho
:: Cursou Técnico em Segurança do Trabalho de 2017 a 2019

"Gostei muito de estudar na Eetcs e me surpreendi com a qualidade do curso. Foi de extrema importância na minha vida. Conclui minha graduação em Recursos Humanos em julho de 2017 e, no mesmo mês, já iniciei o curso técnico. Já tinha experiência na área, mas com a crise, não consegui mais retornar. Pensei em fazer o técnico para complementar minha formação, mas ao iniciar o estágio, me apaixonei pela Segurança do Trabalho e vi que meu futuro poderia ser mais promissor nessa área. Conclui o estágio em setembro, e em novembro já iniciei efetivamente na área. Estou muito feliz e realizada"
:: Fernanda Lazzarotto da Silva, 25 anos, técnica em Segurança do Trabalho
:: Cursou Técnico em Segurança do Trabalho de 2017 a 2019

"Foi um curso muito bom e com muito conhecimento. Com esse curso consegui ser promovido a um cargo melhor"
:: Raimundo Nonato Maia, 53 anos, líder de produção
:: Cursou Técnico em Mecânica de 2017 a 2018

Leia também
Prefeito de Caxias confere venda de produtos de agroindústria em banca de jornais e revistas





 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros