Vencedores do Jornalista Por Um Dia são premiados em Caxias - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Reconhecimento28/11/2019 | 20h39Atualizada em 04/12/2019 | 13h15

Vencedores do Jornalista Por Um Dia são premiados em Caxias

Concurso do Pioneiro certificou os 100 autores mirins e divulgou os grandes vencedores

Vencedores do Jornalista Por Um Dia são premiados em Caxias Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Professores e familiares dos autores mirins selecionados na edição 2019 do concurso prestigiaram a cerimônia Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

O entusiasmo tomou conta do evento de premiação do concurso Jornalista Por Um Dia realizado na tarde de ontem, em Caxias do Sul. Os grandes vencedores anunciados no evento foram Pedro Henrique Radünz da Silva, na categoria de seis a nove anos; e Gabriela Taube Queiroz, na categoria de 10 a 13 anos.

Professores e familiares dos autores mirins selecionados na edição 2019 do concurso prestigiaram a cerimônia que ocorreu na praça de alimentação do MartCenter Shopping. Os 100 estudantes que tiveram suas matérias publicadas em um encarte especial do Pioneiro receberam certificados — além de um kit e um crachá de jornalista mirim — em ato que contou com a presença do mascote Foquito. 

Em clima de festa, com distribuição de sucos, bisnaquinhas, pipoca e algodão doce, após a certificação de todos os selecionados, os grandes vencedores foram anunciados e premiados com troféus. Aos sete anos de idade, o texto intitulado "A flor Tuke" rendeu a Pedro Henrique o reconhecimento. Estudante do 1º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Fermino Ferronato, o autor mirim usou o codinome do personagem principal para contar a história de seu amigo Pedrinho, cinco anos, que enfrentou recentemente um tratamento contra o câncer.

— Ele tem o hábito da leitura e escrita desde os quatro anos e meio. Se comoveu com a situação do amigo e resolveu escrever a história e dar um final feliz a ela. Cinco dias depois de sabermos que o texto dele foi selecionado o Pedrinho recebeu alta _ relata a professora Márcia Radünz, 33, mãe do estudante selecionado.

O final feliz rendeu mais um texto produzido pelo pequeno estudante, que diz acreditar no poder das fadas e dos textos para tornar realidade os sonhos.

— Eu gosto de criar coisas mas até achei que não fosse conseguir. Gosto de fazer arte e sou bem engraçado, por isso quero ser artista e humorista — afirmou Pedro Henrique, enquanto saboreava um sorvete em nome da vitória.

Para Gabriela, a participação no concurso reascendeu um sonho que ela já havia alimentado: ser jornalista. Com o concurso, ela teve a oportunidade de entrevistar o prefeito de Farroupilha — cidade onde mora — Claiton Gonçalves. A reportagem foi publicada na editoria de Política e proporcionou à estudante experenciar a profissão que almeja.

CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 28/11/2019 - Crianças e adolescentes que tiveram seus trabalhos publicados na edição 2019 do projeto Seja Jornalista por um dia, recebem a premiação. O evento teve espaço no Martcenter e contou com a apresentação do ator e diretor Davi de Souza. Os grandes vencedores anunciados no evento foram Pedro Henrique Radünz da Silva, na categoria de seis a nove anos; e Gabriela Taube Queiroz, na categoria de 10 a 13 anos. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)
Para Gabriela, a participação no concurso reascendeu um sonho que ela já havia alimentado: ser jornalistaFoto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

— Foi muito legal porque pude tirar dúvidas que eu tinha e ainda compartilhar com as pessoas que vão ler — relatou a vencedora, estudante da Escola Municipal de Ensino Fundamental Oscar Bertholdo, que teve cinco trabalhos selecionados.

A ideia de entrevistar o prefeito da cidade surgiu em sala de aula e contou com o incentivo da professora de Língua Portuguesa, Kátia Maffei dos Reis, uma das vencedoras do concurso em 1997, quando tinha 15 anos de idade e escreveu sobre pena de morte.

— Eu lembro que entrevistei até um padre. Enquanto eu estudava Letras cheguei a trabalhar no jornal da cidade, mas depois acabei seguindo a carreira de professora e, todos os anos, levo o jornal amarelado do concurso que participei pra incentivar eles a inscreverem trabalhos também.

Jornalista Por Um Dia

O concurso, que chega ao 23º ano, é realizado em parceria com escolas de 48 municípios da região. Neste ano, mais de 2 mil trabalhos foram inscritos e os nomes dos 100 autores selecionados foram divulgados no dia 15 de novembro. As produções, feitas sob coordenação dos professores, contemplaram os formatos de texto, fotografia, charge e tirinha, compondo uma edição inteira.

As pautas propostas pelos aspirantes a jornalistas abordaram temáticas relevantes dentro do contexto social e atuais, refletindo, por vezes, projetos desenvolvidos nas escolas. Sustentabilidade — derramamento de óleo no litoral do Nordeste e fogo na Floresta Amazônica — proteção animal, trânsito, tecnologia, gastronomia, artes, igualdade de gênero, política e até previsão do tempo foram assuntos que fizeram parte da edição especial.

— O concurso é uma forma de agregar conhecimento aos estudantes e também dá visibilidade ao que é produzido em sala de aula. Eles se desafiam e gostam muito de participar — afirma a professora e orientadora pedagógica, Rudinéia Donelles Ribeiro, que acompanhou duas estudantes selecionadas da Escola Municipal de Ensino Fundamental Primeiro de Maio, de Farroupilha.

O concurso Jornalista Por Um Dia é uma realização do jornal Pioneiro e nesta edição teve patrocínio da Joalheria e Ótica Pioner, Faculdade Murialdo, Panitts, Shopping MartCenter e Parque de Águas Termais Caldas de Prata. Confira a lista completa dos selecionados.

VISITA À REDAÇÃO

Os 100 autores mirins selecionados estão convidados a conhecerem a redação e a equipe do jornal Pioneiro. Os responsáveis pelos estudantes devem agendar a visita até o dia 4 de dezembro pelo telefone (54) 3218-1222.

Leia também
VÍDEO: Polícia Civil busca identificar ladrão de óticas na Serra


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros