Perfurações em encosta para liberar trânsito na ERS-122, em Farroupilha, devem ocorrer nesta quinta-feira - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Bloqueio20/11/2019 | 13h41Atualizada em 20/11/2019 | 15h25

Perfurações em encosta para liberar trânsito na ERS-122, em Farroupilha, devem ocorrer nesta quinta-feira

Daer mantém expectativa de fazer as detonações no alto do penhasco ainda no mesmo dia

Perfurações em encosta para liberar trânsito na ERS-122, em Farroupilha, devem ocorrer nesta quinta-feira Porthus Junior/Agencia RBS
Trânsito segue bloqueado entre Farroupilha e São Vendelino Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

As perfurações na encosta da ERS-122, em Farroupilha, onde uma queda de barreira bloqueia há mais de duas semanas o trânsito na altura do Km 43 , em Farroupilha, previstas para ocorrerem nesta quarta (20) ficaram para quinta-feira (21). Mesmo com o adiamento, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) mantém expectativa de fazer as detonações no mesmo dia.

Nesta manhã, a ação das equipes no local ficou centrada em buscar viabilizar o posicionamento da retroescavadeira e da perfuratriz – máquina que vai perfurar as rochas em cerca de 12 metros de profundidade para colocação dos explosivos. A previsão é de que a perfuratriz chegue ao local até o final desta tarde. Como o local é de difícil acesso, a projeção é que ela leve cerca de 40 minutos para percorrer os 400 metros do acesso da estrada até o ponto mais perto do despenhadeiro exatamente acima do local do desmoronamento.

Leia mais
Até sexta, mais duas detonações na ERS-122, em Farroupilha

Para fazer a operação com segurança, a máquina que vai fazer as perfurações, uma espécie de guindaste sobre esteiras com um braço mecânico onde fica uma broca que perfura a rocha, ficará ligada com  um cabo de aço a uma escavadeira hidráulica, posicionada também no alto da encosta. Conforme o Daer, após a identificação do volume de material extraído é que será possível avaliar o tempo de remoção e a provável data de liberação da rodovia.

A cada etapa da obra, uma nova avaliação é feita sobre a segurança no local. O tráfego só será liberado quando a encosta parar de ceder.   

Leia também
Morador de Caxias liderava quadrilha de tráfico internacional desarticulada pela Polícia Federal

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros