Medidores de velocidade da Rota do Sol foram alvos de vândalos - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Infraestrutura01/11/2019 | 18h55Atualizada em 01/11/2019 | 18h55

Medidores de velocidade da Rota do Sol foram alvos de vândalos

Empresa detentora dos equipamentos vai remover, consertar e recolocar placas

Medidores de velocidade da Rota do Sol foram alvos de vândalos Jeferson Ageitos / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Jeferson Ageitos / Agência RBS / Agência RBS

Os medidores de velocidade instalados antes e depois da rótula de acesso ao distrito de Fazenda Souza, na Rota do Sol (RSC-453), em Caxias do Sul, foram alvos de vandalismo. Essa foi a conclusão que chegou a Koop, empresa que instalou os equipamentos.

Leia mais
Medidores de velocidade do trevo de Fazenda Souza, em Caxias, são encontrados caídos às margens da Rota do Sol

Os dois aparelhos tiveram a base de concreto rompida e caíram sobre a vegetação nas margens da rodovia. Os controladores haviam sido instalados em abril deste ano para produzir redução de velocidade no trecho, que estava com as obras de reformulação inconclusas. A máxima permitida é de 50 Km/h no local.

O diretor de Operação Rodoviária do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), Sandro Wagner, acredita que o fato tenha ocorrido entre a noite de quinta e a manhã desta sexta, quando ele foi informado por moradores das redondezas que as placas estavam danificadas. O Grupo Rodoviário da Brigada Militar de Farroupilha, responsável pelo policiamento do trecho, também soube do fato nesta manhã.

À tarde, o Daer emitiu nota informando que não houve nenhum acidente no local. Que a placa de velocímetro foi danificada. De acordo com Wagner, a Kopp foi ao local, vistoriou os equipamentos e concluiu que os danos foram causados por vândalos.

– Lamentamos esse tipo de atitude porque quem perde é o usuário, já que os equipamentos foram instalados para segurança na rodovia – declarou o diretor do Daer.

Diante da constatação, a Koop fará um boletim de ocorrência na Polícia Civil, vai retirar as placas, consertá-las e recolocá-las nos próximos dias. As bases de concreto terão de ser refeitas. Provavelmente, os medidores ficarão nos mesmos pontos.

Leia também:
A criança milagreira e outras histórias que despertam o imaginário popular no maior cemitério de Caxias 


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros