Limpeza é finalizada, mas ainda não há data de liberação do trânsito na ERS-122  - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Terreno preparado14/11/2019 | 16h15Atualizada em 14/11/2019 | 17h42

Limpeza é finalizada, mas ainda não há data de liberação do trânsito na ERS-122 

No final da tarde desta quinta, o Daer confirmou que liberação não ocorreria na quinta-feira

Limpeza é finalizada, mas ainda não há data de liberação do trânsito na ERS-122  André Fiedler / agência RBS/agência RBS
No final da tarde desta quinta, o Daer confirmou que liberação não ocorreria na quinta-feira Foto: André Fiedler / agência RBS / agência RBS

Funcionários da empresa Encopav, contratada pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) para a manutenção da ERS-122 finalizaram por volta das 15h10min desta quinta-feira (14) a limpeza do km 43 da rodovia, onde houve a queda de barreira no último dia 4. Além da remoção das pedras, o trabalho consistiu na colocação de uma camada de brita e pedras menores para formar uma espécie de barreira junto à encosta. O objetivo é evitar que pedras que eventualmente caiam rolem para a pista. A equipe também implantou cones e fechou a parte que ainda ficava exposta do buraco aberto no asfalto por uma das rochas.

Com a finalização da obra, realizada de forma emergencial, foram criadas condições de trafegabilidade em duas das três pistas, ainda que de forma provisória. Apenas a terceira faixa segue fechada, devido à barreira de proteção implantada pela equipe. Com isso, há espaço para a circulação de veículos em uma faixa de cada sentido.

A liberação do trânsito, porém, depende de decisão da direção do Daer e da Secretaria de Logística e Transportes do Estado. O motivo é a instabilidade da encosta, que ainda pode ter deslizamentos. No início da tarde desta quinta, geólogos e engenheiros do Daer avaliaram avaliaram o terreno e concluíram que não havia segurança para liberação. Eles também apontaram a necessidade de se derrubar parte das pedras que seguem na montanha. Eles ressaltaram, porém, que o monitoramento é constante.

>>  "A decisão tem que ser técnica, não política", diz secretário de Logística do Estado sobre liberação da ERS-122
>>
Alargamento de pista onde houve queda de barreira, na ERS-122, em Farroupilha, é finalizado  

Por volta das 17h30min, o Daer confirmou que a liberação não ia ocorrer na quinta-feira. 

Leia mais
"A decisão tem que ser técnica, não política", diz secretário de Logística do Estado sobre liberação da ERS-122
Alargamento de pista onde houve queda de barreira, na ERS-122, em Farroupilha, é finalizado
É preciso redobrar os cuidados ao trafegar na ERS-452, em Caxias do Sul   

Dimensões do trabalho 

Desde o início da movimentação das máquinas, na quarta-feira (6) da semana passada, 4,7 mil toneladas de pedras que caíram sobre a rodovia. Ao todo, foram necessárias 210 viagens de caminhão para depositar o material em um aterro ao lado da rodovia, a poucos metros do deslizamento. As equipes também perfuraram cerca de 500 metros para implantar cerca de 400 kg de explosivos para as detonações realizadas para romper a rocha.   

 Leia também
Polícia Civil de Caxias do Sul não realiza atendimentos nesta quarta e quinta-feira
Município tenta derrubar liminar que autoriza Parada Livre no Centro de Caxias 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros