Segundo ano de beatificação do Padre João Schiavo terá programação em Fazenda Souza - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

22/10/2019 | 14h53Atualizada em 22/10/2019 | 15h30

Segundo ano de beatificação do Padre João Schiavo terá programação em Fazenda Souza

Atividades iniciam na próxima quinta-feira e reúnem bênçãos, procissões e visitas ao memorial do religioso

Segundo ano de beatificação do Padre João Schiavo terá programação em Fazenda Souza Geremia / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Geremia / Agência RBS / Agência RBS

Embora ainda não tenha virado santo, é praticamente assim que o padre João Schiavo é conhecido pela comunidade onde trilhou seu caminho religioso. No segundo aniversário da data de sua beatificação (estágio em esfera local, em vez de universal, como ocorre na canonização), o distrito de Fazenda Souza prepara atividades alusivas à data, como bênçãos, procissões e visitas ao Memorial Pe. João Schiavo.

O religioso foi beatificado pela Igreja Católica em 28 de outubro de 2017, em Caxias, pelo milagre atribuído à cura de Juvelino Cara, um homem acometido por uma trombose em todo o intestino delgado, em 1997. Schiavo é o primeiro beato da Diocese de Caxias do Sul e fundou instituições como o Seminário Josefino de Fazenda Souza; o Abrigo de Menores São José, em Caxias; o Abrigo de Menores, em Pelotas e Rio Grande e o Colégio Nossa Senhora Mãe dos Homens, em Araranguá (SC). Também foi fundador, diretor e professor do Colégio Santa Maria Goretti, que nasceu em Fazenda Souza e hoje está localizado no bairro Madureira.

Conforme a irmã Enedina Smiderle, murialdina e vice-postuladora da causa do beato, o caminho de canonização dele segue os trâmites previstos pela Cúria Romana, que é o de, após ser considerado beato, acolher a um novo milagre sem argumento ou comprovação médica. No entanto, um caso analisado acabou não sendo reconhecido, uma vez que, segundo os médicos envolvidos, a cura era possível e não ocorreu milagre.

As festividades desta semana também fazem referência ao Ano Murialdino, celebrando os 120 anos da morte de São Leonardo Murialdo e os 50 anos de sua canonização.

Confira a programação:

Quinta-feira (24), às 19h: procissão luminosa que recorda a missão dos cristãos de serem luz no mundo. Cada devoto deverá levar a sua vela.

Sexta-feira (25), às 19h: bênção da água e dos produtos da terra. Os participantes podem levar os frutos de suas colheitas. Ao final de todas as celebrações, será dada a bênção com a relíquia (um pedaço de osso) do religioso italiano.

Sábado (26), às 14h: visita aos "Caminhos Pe. João Schiavo", com ônibus saindo neste horário da Paróquia São Leonardo Murialdo (Rua Doutor Montaury, 710). O itinerário inclui parada no Memorial Pe. João Schiavo, no Colégio Murialdo Ana Rech. O encerramento será às 16h, com a missa na Capela do Beato (Rua Lino Rech, 5535). Ao final, o ônibus fará o trajeto de volta à Paróquia São Leonardo Murialdo.

Domingo (27), às 16h: celebração da Eucaristia na Capela do Beato, conduzida pelo padre Marcelino Modelski e animada pelo Coral Monte Carlo. Os visitantes também poderão conhecer o Memorial do Beato João Schiavo, no Instituto Social das Murialdinas, a Capela São José, onde Schiavo celebrava diariamente. Os fiéis serão recepcionados pela Banda Marcial da Escola Municipal Pe. João Schiavo.

Leia também
Câmara de Caxias aprova projeto que transforma em lei bênção dos freis capuchinhos na Praça Dante
Ministério da Educação libera R$ 11,3 milhões para instituto que tem campi na Serra
Sidnei Staudt fala sobre cerimonial em encontro marcado para esta terça

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros