Recursos para hospitais da Serra irão depender de emendas parlamentares para 2020 - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Saúde14/10/2019 | 11h22Atualizada em 14/10/2019 | 11h22

Recursos para hospitais da Serra irão depender de emendas parlamentares para 2020

Afirmação é do coordenador da bancada gaúcha na Câmara dos Deputados, Giovani Cherini (PL)

Recursos para hospitais da Serra irão depender de emendas parlamentares para 2020 Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

As instituições e entidades da Serra que estão precisando de recursos e tinham seus pedidos solicitados junto à bancada gaúcha na Câmara dos Deputados precisarão esperar para 2020. A informação é do coordenador da bancada em Brasília, deputado Giovani Cherini (PL).

Segundo ele, o total de recursos disponibilizados neste ano através da bancada já foram distribuídos. Durante entrevista à Rádio Gaúcha Serra na manhã desta segunda-feira (14), o parlamentar recordou que diversos municípios gaúchos, inclusive localizados na região da Serra, receberam valores significativos para as áreas de segurança e da agricultura. Salientou que Caxias do Sul esteve entre esses municípios, justamente acolhendo recursos para a compra de coletes balísticos, armamentos e viaturas para a Brigada Militar e Polícia Civil.

Neste momento, conforme Cherini, a bancada não possui mais recursos para instituições de saúde. Na região, receberam recursos neste ano apenas hospitais de municípios menores, como os de Cambará do Sul, no valor de R$ 100 mil, e de Dois Lajeados, no valor de R$ 274 mil.

De acordo com ele, na próxima quarta-feira (16), a bancada gaúcha na Câmara deve se reunir para discutir a distribuição de um orçamento de R$ 248 milhões para 2020, atingindo pedidos de diferentes setores e regiões do Rio Grande do Sul. Um dos pleitos é do Hospital Geral de Caxias do Sul, única instituição 100% SUS que atende todos os 49 municípios da área da 5ª Coordenadoria Regional de Saúde do Estado, e que busca recursos para a conclusão de obras de ampliação.

— O que nós estamos tentando fazer é atender os municípios da melhor forma possível. Atender na área da saúde que é a nossa prioridade, além de outros setores. O estado inteiro bateu aqui em Brasília. Estamos com 93 pedidos na bancada gaúcha. Temos um limite para distribuir esses recursos em até 17 emendas.  

Em relação a emendas individuais, Cherini disse que recebeu do Prefeito de Caxias do Sul, Daniel Guerra (PRB) e do vereador Renato Nunes (PR), a solicitação de recursos para a Unidade Básica de Saúde (UBS) de Ana Rech. Esse recurso seria para a construção de um novo posto de saúde no bairro, no valor de aproximadamente R$ 740 mil.

— Estou trabalhando isso para que a gente instale esse posto de saúde em Ana Rech. Provavelmente devo conseguir atender. É uma comunidade importante. Individualmente, os parlamentares têm colocado recursos em hospitais da região. O Hospital Geral, por exemplo, já recebeu recursos da própria bancada gaúcha em outros momentos.   

Ainda na Serra, outras instituições estão recebendo recursos da bancada gaúcha. É o caso da Escola Agrícola de Guaporé, com R$ 776 mil, e a Escola Agrícola de Lagoa Vermelha, com R$ 714 mil. Ambas irão utilizar o montante financeiro para a compra de tratores e equipamentos agrícolas.   

Ouça a entrevista na íntegra:

Leia também:
Produtor rural paga exame de DNA para comprovar posse de vaca nos Campos de Cima da Serra
Fernando Cachopa conquista Copa do Mundo com seleção brasileira
Cerca de 11 mil livros foram vendidos na Feira do Livro de Bento Gonçalves

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros