Pela quinta vez no ano, Centro de Atendimento ao Turista é alvo de ataques em Caxias do Sul   - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Ação de vândalos31/10/2019 | 13h26Atualizada em 31/10/2019 | 13h26

Pela quinta vez no ano, Centro de Atendimento ao Turista é alvo de ataques em Caxias do Sul  

Secretaria de Turismo pretende reforçar parte de metal para evitar furtos e depredações

Pela quinta vez no ano, Centro de Atendimento ao Turista é alvo de ataques em Caxias do Sul   André Fiedler/Divulgação
Foto: André Fiedler / Divulgação

 O quiosque do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), localizado na Praça Dante Alighieri, foi novamente alvo de depredação de vândalos em Caxias do Sul. É a quinta vez no ano em que o quiosque foi alvo de ataques. Somente entre o final do mês de agosto e a primeira semana de setembro, foram registrados quatro danos ao quiosque. Em um deles, no dia de 5 de setembro, um homem de 45 anos foi detido enquanto tentava arrancar uma parte de metal da estrutura. No caso mais recente, foi quebrada uma grade do ar-condicionado que ficava na parte externa da estrutura. A data do fato, que teria sido na última semana, não foi informada pela prefeitura.   

 Leia mais
Jovem é flagrado tentando furtar estrutura de quiosque de informações turísticas em Caxias  
Em menos de um mês, quiosque de informações turísticas é alvo de quatro ataques em Caxias do Sul   

A secretária do Turismo, Renata Carraro, lamenta a depredação e afirma que pretende implementar reforço da segurança no entorno do quiosque para evitar novos furtos. 

— Eles levaram as caixas do ar condicionado somente. Os equipamentos serão recolocados somente depois que tivermos o reforço nas grades em aço — destaca Carraro.  

A secretária não revelou quando será feita a mudança das grades do quiosque. No entanto, segundo ela, está nos planos da prefeitura a mudança na localização do CAT, que ficaria posicionado mais ao centro da praça. Contudo, a medida seria adotada a partir da efetivação do projeto de revitalização da Praça proposto pelo Executivo.  

A reforma da praça foi proibida pelo Tribunal de Justiça (TJ) em junho de 2019, que determinou que a praça só pode passar por alterações com a permissão da Câmara de Vereadores.  

— Na proposta apresentada (de revitalização), o quiosque do Centro de Atenção ao Turista também sofreria alteração, ficando em um local no interior da praça com uma estrutura mais adequada e segura — aponta a secretária.  

Outros ataques 

No dia 19 de agosto, guardas municipais detiveram um jovem de 19 anos em via pública, próximo ao quiosque. Na ocasião, foram arrancadas duas barras utilizando apenas a força física.  O detido portava uma piteira, que os guardas suspeitam que seja usada para o consumo de crack.  

Nas outras duas ocorrências anteriores registradas em agosto, foram levadas duas barras, localizadas próximo à caixa externa do ar condicionado. Para evitar a repetição do furto, a secretaria instalou, uma grade provisória para proteger o equipamento. No dia seguinte, no entanto, ladrões furtaram outras três barras de alumínio em outro ponto da estrutura. 

Leia também
Prefeitura de Caxias do Sul promete fornecer material para reforma do pórtico de Ana Rech
Inscrições para crianças de zero a três anos na educação infantil se encerram nesta quinta-feira

 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros