"Os animais são nossos irmãos e não devem ser explorados" diz frei durante bênção em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Bênção dos animais04/10/2019 | 17h23Atualizada em 04/10/2019 | 17h23

"Os animais são nossos irmãos e não devem ser explorados" diz frei durante bênção em Caxias do Sul

Religioso lembrou dos ensinamentos de São Francisco de Assis e citou livro que fala sobre libertação animal

"Os animais são nossos irmãos e não devem ser explorados" diz frei durante bênção em Caxias do Sul Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Frei Celso Bordignon falou sobre ecologia e respeito aos animais durante bênção coletiva realizada na Paróquia Santa Catarina Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

A bandeira da ecologia e do respeito a todos os seres vivos foi levantada pelo Frei Celso Bordignon durante a Bênção dos Animais que ocorreu na tarde desta sexta-feira (4) em Caxias do Sul. Cerca de 15 cachorros foram levados por seus donos até a Paróquia Santa Catarina, que promove a ação anualmente.

Citando passagens bíblicas que fazem referência à proteção animal, como a Arca de Noé, o frei destacou a importância do respeito a todos os seres, em uma visão ecológica que era pregada por São Francisco de Assis. O sacerdote também falou sobre os livros "A Vida dos Outros - Ética e Teologia da Libertação Animal", de Luiz Carlos Susin e Gilmar Zampieri e "Cântico das criaturas: ecologia e juventude do mundo", que abordam a temática.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 04/10/2019 - Cerca de 15 cachorros receberam a Bênção dos Animais concedida pelo Frei Celso Brodignon. A cerimônia ocorreu na paróquia Santa Catarina. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)
A Bênção dos Animais da Paróquia Santa Catarina é organizada pela 3ª Ordem Franciscana Secular que atua na unidadeFoto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

— São Francisco dizia que todos os seres são irmãos, filhos da mãe Terra. Quando matamos ou exploramos algum animal ou queimamos alguma árvore, estamos fazendo mal a nós mesmos, porque estamos todos ligados — afirmou.

A Bênção dos Animais da Paróquia Santa Catarina é organizada pela 3ª Ordem Franciscana Secular que atua na unidade.

A hoteleira Maria Lúcia Sehbe, 61, levou seu "neto" canino, Rincon, 6, para receber a bênção.

— Ele é um cachorro muito especial, só falta conversar com a gente. Assim como gosto de receber a bênção, trouxe ele, porque sou muito devota de São Francisco de Assis, que foi um grande protetor dos animais.

Leia também
Exposição no Instituto SAMba traz olhar sobre a arte urbana de Paris
MPs entram com ação civil pública para garantir a realização da Parada Livre no centro de Caxias


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros