Defesa Civil já cadastrou 770 famílias prejudicadas pelo granizo em Lagoa Vermelha - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Clima18/10/2019 | 17h46Atualizada em 18/10/2019 | 19h26

Defesa Civil já cadastrou 770 famílias prejudicadas pelo granizo em Lagoa Vermelha

Comunidade precisa da doação de alimentos, colchões, cobertas e produtos de limpeza.

Defesa Civil já cadastrou 770 famílias prejudicadas pelo granizo em Lagoa Vermelha José Franklin/divugalção
Temporal danificou cobertura de 4.087 moradias nas zonas urbana e rural Foto: José Franklin / divugalção
Pioneiro
Pioneiro

Aos poucos, a Defesa Civil de Lagoa Vermelha dimensiona o tamanho dos estragos deixados pelo temporal de granizo que atingiu a cidade na tarde de quinta-feira. Até a tarde desta sexta-feira (18), 770 famílias se cadastraram para pedir auxílio. No total, 282 pessoas tiveram que sair de suas casas. Trinta delas foram acolhidas na Escola Municipal Marcílio Dias e o restante buscou abrigo com familiares ou conhecidos. 

Leia mais
VÍDEO: Chuva de pedra danifica cerca de 500 casas em Lagoa Vermelha
VÍDEO: Temporal causa alagamentos em Caxias do Sul
Sobe para 4 mil número de casas danificadas em Lagoa Vermelha após chuva de granizo 

Os números divulgados pelo coordenador da Defesa Civil do município, Admílson Ferreira da Silva, também apontam 4 mil casas com telhados danificados em 21 bairros da zona urbana e outras 87 na zona rural. São cerca 160 quilômetros de estradas vicinais com problemas. Cinco escolas, que atendem 1.087 alunos, tiveram aulas suspensas na sexta-feira e não havia confirmação se o atendimento será retomado na próxima segunda-feira (21). Ao todo, foram distribuídos 25 mil metros quadrados de lona para cobrir casas e prédios. A distribuição de telhas depende da conclusão do cadastro das famílias.

— Estamos fazendo o cadastramento hoje (sexta-feira) para iniciar a visita da assistência social — esclarece Admílson.

A Defesa Civil montou uma base no Ginásio Adolfo Stella, no centro de Lagoa Vermelha, para concentrar os donativos e organizar as ações de assistência social. A comunidade precisa da doação de  alimentos, colchões, cobertas e produtos de limpeza. Além disso, foi aberta uma conta para doação de dinheiro (veja abaixo).

O decreto de emergência foi publicado no Diário Oficial do município no final da tarde de sexta-feira. A medida pode facilitar a liberação do FGTS para famílias prejudicadas, por exemplo.

Ainda não há estimativa de um valor do prejuízo, segundo Admílson. O dado ainda está sendo contabilizado por engenheiros e técnicos da prefeitura. 

COMO AJUDAR

Para ser voluntário ou doar alimentos, colchões, cobertas e produtos de limpeza:

1 - Se você mora em Lagoa Vermelha ou cidades próximas, basta ir até o Ginásio Adolfo Stella, no centro de Lagoa Vermelha. 

2 - Se você mora em regiões mais distantes, contatar Admílson Ferreira da Silva (Defesa Civil) pelo telefone (54) 99607-4434

Para doar dinheiro:

Conta corrente Abraça Lagoa - CNPJ 87.613.626/0001-51
Banco Banrisul - 041 | Agência 0260 | Conta corrente 04.81772.0-4
Fazer o depósito identificado com CPF ou CNPJ 

Ouça a entrevista com Admilson Ferreira da Silva: 


Leia também
Assaltantes armados invadem casa e trancam pais e filho em quarto, em Caxias
Eberle: o jubileu de prata de Orevil Bellini em 1967
Motociclista morre em acidente na ERS-122 em Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros