Consulta popular garante modelo cívico-militar na Escola Alexandre Zattera em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Educação04/10/2019 | 09h55Atualizada em 04/10/2019 | 11h11

Consulta popular garante modelo cívico-militar na Escola Alexandre Zattera em Caxias do Sul

Votação ocorreu na noite desta quinta-feira (3) e contou com a participação de mais de 280 membros da comunidade escolar

Consulta popular garante modelo cívico-militar na Escola Alexandre Zattera em Caxias do Sul Viviane dos Santos Teixeira/Divulgação
Cerca de 280 pessoas estiveram presentes na consulta popular Foto: Viviane dos Santos Teixeira / Divulgação

Após ser escolhida para implantação da Escola Cívico-Militar (ECM) em Caxias do Sul na última quarta-feira (2), a Escola Estadual de Ensino Médio Alexandre Zattera, no bairro Desvio Rizzo, ainda precisava realizar uma consulta junto à comunidade escolar para definir ou não a implementação do modelo previsto pelo Ministério da Educação. Conforme a vice-diretora da instituição, Alice de Paula Camargo, a consulta popular foi realizada na noite desta quinta-feira (3) e garantiu a aprovação do projeto pela grande maioria dos presentes.

Leia mais
Escola Alexandre Zattera é escolhida para implantação de modelo cívico-militar em Caxias do Sul
Caxias do Sul receberá escola cívico-militar   

— A comunidade escolar esteve presente em peso. Cerca de 280 pessoas compareceram ao evento e pouquíssimas se colocaram contra a implantação da Escola Cívico-Militar —afirma.

De acordo com informações da 4ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), a próxima etapa do processo de implementação do modelo no educandário é o envio de documentos para a Secretaria da Educação (Seduc), que serão analisados em Brasília. Segundo a diretora da escola, que atende 1.004 estudantes na zona  oeste de Caxias, Cristiane Modena, a ata de aprovação redigida nesta quinta e outros documentos necessários à implantação do projeto devem ser entregues à Seduc ainda na tarde desta sexta-feira (4). Até 2020, a intenção do Ministério da Educação é implementar 54 Escola Cívico-Militares em todo o país.

 A seleção de militares reservistas para a ECM deverá ser lançada com uma média de um monitor para cada 90 alunos, o que deve totalizar 11 contratações para a escola de Caxias do Sul. Eles deverão passar por uma capacitação já prevista para ocorrer em novembro. Com isso, a expectativa é que a partir do próximo ano letivo o modelo já tenha sido implantado na escola. 

= Como será a Escola Cívico-Militar?

O projeto pressupõe a permanência diária de um policial militar (PM) ou de um militar das Forças Armadas da reserva nas escolas. O militar atuará como um monitor, desenvolvendo atividades cívicas e disciplinares com os alunos. A função de monitoria deverá colaborar, também, para identificar situações que possam influenciar no aprendizado e convivência social do cidadão em desenvolvimento. Além disso, a ECM tem como objetivo resgatar e aprimorar princípios como a ordem, a disciplina e valorização dos símbolos da pátria.

Leia também  
Solidariedade transforma vidas em Bento Gonçalves
Mutirão comunitário com 380 escoteiros ocorre neste final de semana em Caxias 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros