Comunidade de Linha 40 fica sem energia elétrica após acidentes em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Transtorno03/10/2019 | 18h00Atualizada em 03/10/2019 | 18h00

Comunidade de Linha 40 fica sem energia elétrica após acidentes em Caxias do Sul

Moradores dizem que situação se repete quase semanalmente

Comunidade de Linha 40 fica sem energia elétrica após acidentes em Caxias do Sul Porthus Junior/Agencia RBS
Moradores ficaram sem energia elétrica depois de um carro ter colidido e derrubado um poste Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

A internet acabava de ser restabelecida quando um caminhão arrancou novamente os fios de transmissão na tarde desta quinta-feira (3) em Linha 40, localidade do interior de Caxias do Sul. Segundo moradores, o fato se repete com frequência na Estrada Municipal Vicente Menezes, onde a fiação atravessa a via.

Ela fica instalada a uma altura de aproximadamente quatro metros. Além da falta dos serviços de telefonia e internet, os moradores também ficaram sem energia elétrica, depois de um carro ter colidido e derrubado um poste no mesmo trecho da via, que fica próximo ao Restaurante Cantina Tonet. O acidente ocorreu por volta das 14h30min desta quinta-feira, deixando a comunidade sem luz.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 03/10/2019. Moradores da Linha 40 convivem com frequentes cortes no abastecimento de energia elétrica, bem como nos serviços de telefonia e internet. O motivo: acidentes frequentes que ocorrem em um trecho da estrada municipal Vicente Menezes. Pelo menos uma vez por semana há registro de fios arrancados por caminhões e também veículos que colidem contra poste, o que acaba resultando nos cortes. mpresário Lenir Fabio Adami, dono da loja de materiais de construção, Adami, ficou sem fornecimento de energia elétrica na tarde desta quinta-feira, 3. (Porthus Junior/Agência RBS)
Lenir Fabio Adami é proprietário de uma loja localizada a cerca de um quilômetro do ponto das ocorrênciasFoto: Porthus Junior / Agencia RBS

— Nos últimos dois meses foram pelo menos seis acidentes. Só nesta semana foram três — relata Lenir Fabio Adami,  proprietário de uma loja localizada a cerca de um quilômetro do ponto das ocorrências.

O empresário, que também mora na localidade, manteve a loja aberta, porém foi prejudicado com a impossibilidade de acesso ao sistema de vendas e outros transtornos causados pela falta de energia. O mesmo se repetia em empresas vizinhas e nas residências da comunidade. Adami estima que cerca de 5 mil pessoas tenham sido afetadas na área.

Por volta das 16h30min, equipes da RGE encontravam-se no local do acidente. Por meio da assessoria de imprensa, a empresa informou que pretende concluir os trabalhos até às 22h desta quinta-feira.

Leia também
"Inauguramos um centro de reciclagem de trajetórias de vida" diz secretário em inauguração de presídio em Bento


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros