Com sobra de recursos, Museu da Imigração, da Uva e do Vinho de Farroupilha terá melhorias no entorno - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Mobiliário e ajardinamento07/10/2019 | 12h12Atualizada em 07/10/2019 | 12h12

Com sobra de recursos, Museu da Imigração, da Uva e do Vinho de Farroupilha terá melhorias no entorno

Espaço junto ao Parque da Imigração, em Nova Milano, foi inaugurado em maio

Com sobra de recursos, Museu da Imigração, da Uva e do Vinho de Farroupilha terá melhorias no entorno Jonas Viega / Assessoria de Imprensa Prefeitura de Farroupilha/Assessoria de Imprensa Prefeitura de Farroupilha
Museu foi inaugurado em maio Foto: Jonas Viega / Assessoria de Imprensa Prefeitura de Farroupilha / Assessoria de Imprensa Prefeitura de Farroupilha

O Museu da Imigração Italiana, da Uva e do Vinho de Farroupilha, vai receber tratamento paisagístico e novo mobiliário para a sala de exposições. Inaugurado em maio, o espaço fica junto ao Parque da Imigração, em Nova Milano.

Leia mais
Novo museu de Farroupilha celebra imigrantes italianos e produção de uva e vinho
Licitação para ceder quiosque em parque de Farroupilha prevê aluguel a partir de R$ 150 por mês

Conforme o secretário de Turismo e Cultura de Farroupilha, Francis Casali, estão previstas ações de ajardinamento e iluminação ​no entorno do prédio, que atualmente conta com o gramado que já existia antes da construção. Além disso, está prevista a compra de aramados, bancos e outros móveis para a sala de exposições. Segundo Casali, as melhorias não estavam previstas no projeto original de construção do museu e serão realizadas devido à sobra de recursos da obra. Dos R$ 250 mil destinados pelo governo federal, cerca de R$ 20 mil não foram utilizados.

— Ou fazíamos essas melhorias ou devolvíamos o dinheiro. É sempre ruim devolver — destaca o secretário.

O contrato para as obras foi publicado na última sexta-feira​(4) e a expectativa é de que as melhoria sejam realizadas em até 30 dias. Nas próximas semanas, o Museu da Imigração, da Uva e do Vinho também vai ganhar um quiosque de alimentação, que vai operar por meio de uma concessão. A parceria foi formalizada há cerca de 15 dias e o espaço está na fase de montagem.

Além de oferecer bebidas e alimentos aos visitantes do Parque da Imigração, o proprietário também será responsável pela manutenção de banheiros e área externa do museu e abertura da sala de exposições. O contrato é de cinco anos, com um aluguel de R$ 350 mensais.

O museu da Imigração foi concebido para celebrar a história da colonização, o modo de vida das famílias que vieram ao Brasil e as memórias afetivas que ainda existem nos descendentes. Ao todo, são 150 metros quadrados de área construída.

Leia também
Definidos os novos conselheiros tutelares de Caxias do Sul
Em dez dias, Feira do Livro de Caxias atraiu 142 mil visitantes
Neire Damin é a nova rainha do Botafogo de Santa Lúcia do Piaí 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros