Com cadeiras de dentistas estragadas, dois postos de saúde deixam de atender pacientes em Caxias  - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

SAÚDE 09/10/2019 | 12h01Atualizada em 09/10/2019 | 12h05

Com cadeiras de dentistas estragadas, dois postos de saúde deixam de atender pacientes em Caxias 

Moradores reclamam de cancelamento de consultas 

Com cadeiras de dentistas estragadas, dois postos de saúde deixam de atender pacientes em Caxias  Lucas Amorelli/Agencia RBS
Moradores reclamam de cancelamento de consultas odontológicos em dois pontos de saúde de Caxias do Sul Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Pacientes que precisam de dentistas nas unidades básicas de saúde (UBSs) dos bairros São Victor Cohab e Jardim Eldorado, em Caxias do Sul, estão insatisfeitos com a falta de estrutura. 

Com as cadeiras estragadas, os procedimentos odontológicos não podem ser realizados porque as brocas e outros instrumentos estão interligados ao assento. Assim, as consultas são canceladas. 

Leia mais
Com problemas há mais de dois meses, cadeira odontológica de UBS de Caxias segue sem previsão de conserto

Moradora do São Victor, Simone de Oliveira Martins da Rosa, 37 anos, levou a filha Giovana de Oliveira Martins da Rosa, nove, até o dentista porque a menina sente dor. 

— Ela tem uma cárie e está com outro dente quebrado e a situação está pior. Fomos até a UBS em novembro do ano passado em busca de atendimento e até agora nada. Não tenho condições de pagar um dentista particular. A nossa saúde está um caos. A cadeira foi arrumada, mas depois de quatro atendimentos voltou a estragar e até o momento não foi trocada. 

Moradora do bairro Jardim Eldorado, Ivanir Souza Hoffmann, 45, levou a filha Camila Hoffmann Leite, 22, à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Norte para uma consulta. A jovem sentia dor em um dos dentes do siso, e a indicação era para que ele fosse extraído. Na UPA, Camila foi encaminhada para a UBS do Jardim Eldorado. 

—  Fomos até o posto de saúde do bairro e nos informaram que o dentista estava apenas conversando com os pacientes porque a cadeira está quebrada e os equipamentos são ligados a essa cadeira. Então as consultas estão canceladas. Ela sentia muita dor — desabafa Ivanir. 

A mãe conta que a filha procurou atendimento particular para extrair o dente.

— Ela tem que extrair outros dentes do siso, e nem sempre temos condições de pagar à vista porque as consultas e atendimentos saem caros. A nossa saúde deixa a desejar. Desde janeiro, os pacientes estão sem consultas com dentistas. 

As UBSs Ana Rech, Centenário, Planalto, São Ciro e Vila Seca não contam com atendimento odontológico. Moradora de Ana Rech, Sílvia Monteiro, 47, precisa ir até o posto de saúde do Jardim Eldorado para consulta. Ela tenta há quatro meses ser atendida.

— Eu e meus filhos precisamos de dentista e é um serviço de saúde que se torna caro, mas não conseguimos no postinho. 

CONTRAPONTO 

De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde de Caxias, a cadeira odontológica da UBS Jardim Eldorado será consertada nesta quarta-feira (9). A demora, segundo o município, ocorreu devido à falta de peças no mercado. A prefeitura cogitou substituir a cadeira inteira, e não apenas uma peça, mas a secretaria já tinha autorizado o orçamento do conserto na empresa prestadora do serviço. 

Já na UBS São Victor Cohab, a assessoria esclarece que o compressor da cadeira odontológica está estragado. O conserto ou a troca do compressor deve ocorrer até o fim desta semana. A peça ainda está na garantia, pois recentemente havia sido trocada. 

Problemas são recorrentes 

Em 20 de março deste ano, o Pioneiro já havia divulgado que os pacientes que precisam da UBS do Jardim Eldorado estavam sem atendimento. Na ocasião, o problema era o mesmo: a cadeira utilizada pelos pacientes durante as consultas estava estragada e sem previsão de conserto. O problema foi exposto ainda em fevereiro pelo vereador Rafael Bueno (PDT) que integra a Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara de Vereadores de Caxias. Ele esteve na UBS em março e voltou novamente no posto de saúde no dia 12 de agosto.  O vereador também passou na UBS do São Victor Cohab, que é referência para pelo menos 30 mil pessoas. 

Há mais de dois meses, os moradores do bairro Jardim Eldorado em Caxias do Sul enfrentam dificuldade no atendimento odontológico na unidade básica de saúde (UBS). Ocorre que a cadeira utilizada pelos pacientes durante as consultas está estragada e sem previsão de conserto. Casos urgentes, como extração de dentes, estão sendo atendidos, mas as demais consultas são reagendadas.
Em 20 de março, o Pioneiro já havia divulgado que os pacientes da UBS do Jardim Eldorado estavam sem atendimentoFoto: Rafael Bueno / Divulgação

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) também ocupou a tribuna no dia 3 de outubro para expressar indignação com a falta de investimentos em materiais básicos nas UBSs de Caxias. Ele recordou que o vereador Arlindo Bandeira (PP) relatou, recentemente, que em Fazenda Souza, um dentista estava usando a luz do telefone celular para fazer os procedimentos, porque a cadeira odontológica estava com a lâmpada queimada e não havia como substituir.

Leia também
Crianças internadas no HG ganham bonecas confeccionadas por clube de mães de Caxias 
Prefeitura de Caxias inicia construção de rampa em estacionamento que era usado por loja maçônica
Radialista e advogado Nicanor Portela morre em Caxias  


 



 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros