Cinco coisas que você não pode deixar de fazer se quiser tirar 1000 na redação do vestibular - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Atenção, estudante!21/10/2019 | 11h19Atualizada em 21/10/2019 | 11h25

Cinco coisas que você não pode deixar de fazer se quiser tirar 1000 na redação do vestibular

Nota da prova dissertativa-argumentativa pode ser decisiva para conseguir uma vaga no ensino superior

Cinco coisas que você não pode deixar de fazer se quiser tirar 1000 na redação do vestibular Mateus Bruxel/Agencia RBS
Além do estresse com os prazos, alunos precisam conciliar suas atividades diárias com o cronograma de estudos Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Marcado para os dias 3 e 10 de novembro, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é o culpado pelas noites mal-dormidas de muitos estudantes. O mesmo acontece com o vestibular, que, dependendo da instituição, é realizado no final do ano ou em 2020.

Leia mais
Faculdade de Caxias oferece aulas preparatórias para o Enem
Uniftec atinge nota máxima no Enade em nove graduações
UCS é a 6ª melhor universidade particular do país

Como o calendário de provas muda a cada ano, é preciso ficar de olho nos prazos de inscrição. É o caso, por exemplo, do vestibular de verão da Unisinos, que foi antecipado para o dia 26 de outubro. Nesse caso, as inscrições se encerram ainda mais cedo: nesta segunda-feira (21).

Além de todo o estresse com os prazos, os alunos do ensino médio precisam conciliar suas atividades diárias com o cronograma de estudos. E, entre os assuntos mais temidos na hora de revisar, está a redação. A boa notícia é que existem algumas dicas pra te ajudar a conseguir uma boa nota no texto e a tão sonhada vaga no ensino superior.

É claro que, para obter um bom resultado, a preparação ao longo do ano conta bastante. Mas, com dicas de quem entende muito de redação, fica mais fácil manter a cabeça no lugar na hora de prestar a prova. Confira:

1. Saiba escolher o tema
Existem vestibulares que propõem mais de um tema para você dissertar. A professora de Letras Martha Dreyer de Andrade Silva aconselha ler os dois para, então, escolher aquele sobre o qual você terá mais o que dizer na redação. E atenção: a delimitação do tema estará na pergunta que é apresentada em cada proposta de redação.

2. Entenda o que você deve responder ao longo do texto
Quando é solicitado que o candidato produza um texto argumentativo, isso significa que você, ao responder à proposta escolhida, deve se posicionar diante do problema apresentado. Por exemplo, no vestibular da Unisinos do ano passado, uma das propostas questionava: como você define “qualidade de vida”, considerando a atual realidade brasileira? Martha explica que, caso o candidato tivesse optado por esse tema, ele deveria apresentar sua definição para “qualidade de vida” e relacioná-la, de alguma forma, ao contexto atual.

3. Foco na linguagem
Não tem jeito: a linguagem esperada nesse tipo de prova é a formal. Mas, ao contrário do que alguns pensam, isso não quer dizer que você deve utilizar termos complicados. Conforme a professora de Letras, uma linguagem simples e objetiva é muito bem-vinda. Dica: só evite o uso de gírias e procure não repetir excessivamente a mesma palavra.

4. Revise o português
Faz tempo que você não estuda um pouquinho de gramática? É importante ter isso na ponta da língua. Martha destaca a pontuação, acentuação, escrita correta das palavras, organização das ideias nos parágrafos, e a concordância verbal e nominal.

5. O texto vai ser julgado pela capa
A apresentação também conta na avaliação. Assim, como recomenda Martha, a letra precisa ser legível e o texto não pode apresentar rasuras. Pra garantir, faça um rascunho antes e passe o texto a limpo, com atenção, na folha que será fornecida. Desse jeito, não tem erro.

Leia também
Com mescla de ritmos, Festa Nacional da Música terá shows gratuitos em Bento Gonçalves
Criança de 11 anos é flagrada pela polícia pilotando moto em Caxias
Na Cozinha: quer saber como faz chivito uruguaio?

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros