A duas semanas do fim do prazo, 1,6 mil crianças foram inscritas para Educação Infantil em Caxias - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

De zero a três anos15/10/2019 | 13h48Atualizada em 15/10/2019 | 13h48

A duas semanas do fim do prazo, 1,6 mil crianças foram inscritas para Educação Infantil em Caxias

Período de candidaturas segue até 31 de outubro

A duas semanas do fim do prazo, 1,6 mil crianças foram inscritas para Educação Infantil em Caxias André Ávila/Agencia RBS
Foto: André Ávila / Agencia RBS

A duas semanas do fim do prazo de inscrições, 1,6 mil crianças de zero a três anos foram inscritas para vagas na Educação Infantil em Caxias do Sul. A Secretaria Municipal da Educação está com o período aberto até 31 de outubro. A lista substitui a criada até o início de outubro e, portanto, mesmo quem já se candidatou outras vezes deve fazer o processo novamente.

Este é o segundo ano em que a secretaria concentra o período de inscrições para esta faixa etária no mês de outubro, com o objetivo de atualizar dados e rastrear a demanda anualmente. Em 2018, foram mais de três mil crianças inscritas. Assessora referência da Educação Infantil da secretaria, Carla Zanette considera que a procura, por enquanto, está abaixo do esperado. 

— Está consideravelmente abaixo do que esperávamos. Muita gente já foi atendida (com vagas) neste ano. Outro fator que pode estar influenciando é a chuva. Estamos nos preparando para os últimos dias, caso haja uma onda de procura — comenta.

Leia mais
Inscrições de crianças de até três anos para educação infantil em Caxias começam nesta terça-feira
Novo cadastro para crianças de até três anos diminui fila por vagas em creches de Caxias

A estrutura de atendimento conta com 10 guichês em funcionamento das 8h30min até 16h30min, sem fechar ao meio-dia, de segunda a sexta-feira - com exceção do dia 28, quando o serviço estará fechado por causa do feriado do Dia do Servidor. O tempo médio de atendimento é de 15 minutos, desde a recepção até o final do preenchimento do cadastro.

Este processo não garante uma colocação, mas todas as crianças serão inscritas na lista para a seleção das famílias. Conforme a assessora, os principais critérios de seleção incluem a vulnerabilidade social e a disponibilidade de escolas nas regiões escolhidas. No momento da candidatura, os pais ou responsáveis podem apontar três opções de escola.

Hoje, a maior dificuldade em termos de localização se concentra nos bairros Serrano, Desvio Rizzo, Esplanada, Fátima e Santa Fé, conforme a secretaria. Outro complicador é a faixa etária. Como as crianças de quatro meses a um ano têm de ficar em turmas com o máximo de seis crianças, a colocação delas costuma ser mais difícil.

Documentos necessários

Devem ser inscritas nesta etapa crianças nascidas a partir de 1º de abril de 2016. Os pais ou responsáveis têm de levar uma série de documentos na hora da inscrição: certidão de nascimento da criança, documentos com foto dos responsáveis legais pela criança, CPF, comprovante de residência atualizado, carteira de trabalho e comprovante de renda de ambos os pais ou responsáveis. Quem tiver, também deve levar o cartão do Bolsa Família.

A família precisa informar no mínimo três contatos telefônicos para futuro retorno. Além dos próprios, podem deixar os de familiares ou vizinhos. O objetivo é evitar que a secretaria não consiga contato quando houver vagas disponíveis.

Leia também
Agricultores registram perdas com granizo em Campestre da Serra
Feirão Limpa Nome, em Caxias,  ocorre para regularização de pendências no comércio
Ruas do entorno da EPI Imigrante, em Caxias, serão asfaltadas

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros