VRS-813, que liga Garibaldi a Farroupilha, receberá tapa-buracos a partir da próxima semana - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Melhoria provisória13/09/2019 | 13h47Atualizada em 13/09/2019 | 13h48

VRS-813, que liga Garibaldi a Farroupilha, receberá tapa-buracos a partir da próxima semana

Obra será realizada por meio de convênio entre Daer e prefeitura de Farroupilha

VRS-813, que liga Garibaldi a Farroupilha, receberá tapa-buracos a partir da próxima semana Porthus Junior/Agencia RBS
Conserto será apenas emergencial Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

A VRS-813, que liga Farroupilha a Garibaldi, vai passar por operação tapa-buraco para melhorar, ainda que provisoriamente, as condições de trafegabilidade. As obras serão realizadas por meio de um convênio entre ​o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) e ​a prefeitura de Farroupilha. O início está previsto para a próxima terça-feira (17), mas depende das condições climáticas.

Leia mais
Daer diz que fará tapa-buracos na VRS-813, entre Farroupilha e Garibaldi

Conforme o secretário de Desenvolvimento Urbano, Infraestrutura e Trânsito de Farroupilha, Gilberto do Amarante, a parceria que vai viabilizar as obras é a mesma firmada para o recapeamento da ERS-122 e da RSC-453, realizado entre maio e agosto. Desta vez, porém, o asfalto danificado não será retirado. Somente os buracos serão fechados em uma ação emergencial.

— É um remendo em cima do outro, mas é o que temos para fazer neste momento. O asfalto está todo degradado e o Estado vai ter que fazer recapeamento no futuro — afirma Amarante.

Por meio do convênio, o Daer vai fornecer o material asfáltico e caminhão, além de realizar orientação do trânsito para as obras. Já a prefeitura de Farroupilha vai disponibilizar mão de obra, outro caminhão e um rolo compressor. Conforme Amarante, a intenção é realizar os reparos inclusive na área de Garibaldi, mas isso ainda precisa passar por análise jurídica, já que os servidores são de Farroupilha.

As más condições da rodovia são alvo de reclamações frequentes por parte dos motoristas. Tanto que, no fim de agosto, o Daer já havia informado que uma operação tapa-buraco estava nos planos.

A última vez que a VRS-813 recebeu recapeamento foi em 2017, com a recuperação de 6,8 quilômetros, entre Farroupilha e o Desvio Blauth. A obra integrou o Programa Restauro, que também contemplou trechos da ERS-452, que liga Vila Cristina a Bom Princípio, da ERS-431, que liga Bento Gonçalves a Dois Lajeados, e da ERS-448, que liga Farroupilha a Nova Roma do Sul. O ponto que recebeu o novo pavimento não apresenta buracos atualmente. Além disso, um trecho de 1,6 quilômetro, no início da rodovia, a partir do bairro São José, atualmente está sob a administração da prefeitura de Farroupilha e passa por tapa-buracos frequentes, de acordo com o secretário.

Ainda segundo Amarante, o município mantém conversas com o governo do Estado para a realização de um recapeamento no futuro, mas, devido à falta de recursos, não há prazo para ​que isso ocorra.

Leia também:
Sessão especial do Cinema de Calçada Altos da Tronca ocorre nesta Sexta-feira 13 em Caxias
Homem perde R$ 6,3 mil em golpe do falso bilhete premiado em Caxias
Grupo caxiense Ueba Produtos Notáveis comemora 15 anos 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros