Ruas de Caxias do Sul vão receber 1,5 mil rampas para cadeirantes - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Acessibilidade02/09/2019 | 13h54Atualizada em 02/09/2019 | 13h54

Ruas de Caxias do Sul vão receber 1,5 mil rampas para cadeirantes

Previsão é que construção leve cerca de um ano

Ruas de Caxias do Sul vão receber 1,5 mil rampas para cadeirantes André Fiedler/Agencia RBS
Av. Therezinha Pauletti Sanvitto já conta com uma rampa adequada às normas Foto: André Fiedler / Agencia RBS

As ruas de Caxias do Sul vão receber 1,5 mil rampas para cadeirantes no período de um ano. É o que prevê o edital para a contratação das obras, publicado na última sexta-feira (30). O objetivo é melhorar a acessibilidade especialmente na área central e em outros pontos estratégicos da cidade.

Leia mais
Prefeitura vai construir rampas em 348 passeios públicos de Gramado

O trabalho será conduzido pela Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM). Conforme o titular da pasta, Cristiano de Abreu Soares, a Coordenadoria de Acessibilidade do município já mapeou 152 cruzamentos, onde serão implantadas 900 rampas.

— O restante vai ficar como carta na manga. A coordenadoria vai receber as demandas e vai implantar a partir das solicitações. (Das atuais rampas) quase todas vão ter que ser refeitas porque estão fora das normas atuais — explica.

Além do Centro, entre os pontos contemplados que já foram mapeados, estão cruzamentos dos bairros Lourdes, São Pelegrino e Exposição. Um cruzamento tradicional, onde não há o término de uma rua, por exemplo, vai contar com oito rampas, duas em cada calçada.

As normas determinam que a inclinação seja 8,33%, mais suave que a das rampas atuais, e largura de 1,5 metro. O piso será de concreto, para que haja maior aderência e se evite o surgimento de desníveis. Além disso, também serão implantados pisos táteis. Cada rampa também terá a pintura em azul, para orientar cadeirantes e pedestres que a estrutura é destinada à acessibilidade. Atualmente, segundo Soares, há uma rampa dentro dos padrões na Av. Therezinha Pauletti Sanvitto, no Vilaggio Iguatemi.

A construção dos 1,5 mil pontos de acessibilidade está orçada em R$ 1,6 milhão, incluindo material, pintura e mão de obra. Uma licitação para a contratação das obras já havia sido realizada, mas a única empresa interessada teve problemas com a documentação e o edital acabou cancelado.

Leia também
Conheça a cidade que tem o mesmo número de habitantes de Caxias do Sul
"A China não é mais concorrente a se temer, mas Santa Catarina é", diz empresário caxiense
Mais de 500 mil quilos de queijo foram fracionados em Caxias em 2018
Semana começa ensolarada, mas com tempo frio na Serra   

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros